Primeira imagem

Osmar Prado surge como o Velho do Rio de Pantanal: "Entidade de respeito à natureza"

Personagem vivido por Cláudio Marzo em 1990 se transforma em sucuri, segundo lenda


Osmar Prado e Cláudio Marzo na pele do personagem Velho do Rio nas duas versão da novela Pantanal
Velho do Rio: papel de Osmar Prado no remake de 2022 e de Cláudio Marzo no original de 1990 - Fotos: João Miguel Junior/TV Globo e Reprodução/Manchete

Osmar Prado será o Velho do Rio em Pantanal, remake da novela de Benedito Ruy Barbosa que estreia em março, na Globo. O personagem é uma espécie de guardião da natureza e representa a consciência ecológica coletiva. Na primeira versão do folhetim, exibida na Manchete em 1990, o papel coube a Cláudio Marzo (1940-2015), que também deu vida ao protagonista da história, José Leôncio.

A primeira imagem de Osmar Prado como o Velho do Rio foi divulgada neste sábado (8) no site da colunista Patricia Kogut, do jornal O Globo. O ator também concedeu à publicação uma breve entrevista sobre seu novo personagem, que, reza a lenda, se transforma em sucuri, a maior já vista na região pantaneira.

“É uma grande responsabilidade. Ele foi brilhantemente representado pelo Claudio Marzo. O Velho do Rio é como uma entidade de respeito à natureza, hoje tão vilipendiada pela política agrária atual.”

Osmar Prado

Em Pantanal, o Velho do Rio é, na verdade, o espírito do pai de José Leôncio, protagonista da história. A trama acompanha a trajetória do personagem desde a juventude até a maturidade.

Remake de Pantanal é a grande aposta da Globo para 2022

Osmar Prado surge como o Velho do Rio de Pantanal: \"Entidade de respeito à natureza\"Alanis Guillen será Juma Marruá, uma das protagonistas do remake de Pantanal - Foto: Reprodução/Globo

Diferentemente da primeira versão, os papéis de José Leôncio e do Velho do Rio serão desempenhados por outros atores. O herói ficará a cargo de Renato Góes na primeira fase e de Marcos Palmeira na segunda. Em 1990, Paulo Gorgulho viveu o personagem jovem, enquanto Cláudio Marzo o defendeu no restante da trama, além de também interpretar o Velho do Rio.

O remake de Pantanal será uma adaptação de Bruno Luperi da obra de seu avô Benedito Ruy Barbosa. O jovem escritor esteve entre os roteiristas de Velho Chico (2016), também a partir da sinopse do veterano novelista. A direção artística caberá a Rogério Gomes. A estreia está prevista para 14 de março.

A Globo tem apostado em Pantanal como sua grande novidade para 2022. A produção é tratada como a salvação da lavoura, e o canal carioca aposta suas fichas nela para retomar os altos índices de audiências perdidos na faixa das 21h. Atual cartaz do horário, Um Lugar ao Sol tem o menor público da faixa.

Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Participe do grupo
Mais Notícias