Reportar erro
Rolou um clima

Maria Cândida fala sobre paquera com André Marques: "Aberta a possibilidades"

Os dois combinaram de tomar um vinho no ar, mas ainda não se encontraram

Maria Cândida e André Marques sorrindo em foto montagem
Maria Cândida e André Marques ainda não se encontraram para o vinho - Foto: Divulgação/TV Globo
Redação NT

Publicado em 16/12/2021 às 09:45:39

Maria Cândida, ex-repórter de Gugu Liberato (1959-2019) está semanalmente na Globo no É de Casa, aos sábados. Recentemente, ela e André Marques tiveram um clima de paquera ao vivo e até combinaram de tomar um vinho juntos, o que ainda não aconteceu. "Eu estou solteira. Se ele estiver solteiro, por que não? Estou aberta a possibilidades, não só com o André", brinca ela ao jornal O Globo.

Ela conta que o "book prata" (referência para o termo book rosa e azul usado em Verdades Secretas) tem que ser feito com homens como Rodrigo Lombardi e Alexandre Nero. "Também acho um gato [Nero]. Todos casados. Acho até que o André é muito novinho pra mim [42]. Se ele checar e falar 'vamos', talvez recue. Eu provoco, eu gosto, dou risada", diz a quinquagenária.

Fazendo a transição para o cabelo grisalho, assegura que se fosse até alguns anos atrás, nenhuma apresentadora mostraria isso. "Quero mostrar que é lindo ter cabelo branco se você quiser. Se não quiser, ok. Mostro como sou acordando, descabelada... A mulher tem que visualizar", opina.

"Não é um processo simples", diz Maria Cândida sobre envelhecimento

Para a jornalista, não dá pra ser a "bonitinha e perfeita". "O mundo não é esse. Quando eu me dirijo ao público dizendo 'você, mulher madura', meu Instagram já enche de mensagens. Elas se sentem vistas, citadas. Porque ninguém fala com elas, só com as novinhas. No momento, estou acompanhando uma senhora que vai completar 100 anos em maio. Eu disse: 'Quando a senhora fizer aniversário, quero que entre ao vivo falando disso'", relembra.

O processo de envelhecimento tem que ser tranquilo e saudável, e a menopausa é um dos assuntos que mais mexem com o universo feminino. "Dizem para nós, desde pequenas, que temos nos preparar para a menopausa e o envelhecimento. Mas não é um processo simples", lamenta.

"O envelhecimento é cheio de tabus. A gente aprendeu que fica velha, feia e sem vontade de fazer nada. Eu procuro desenvolver o interesse da mulher pelo próprio envelhecimento, para que ela se sinta linda e poderosa. Percebo que muitas têm dúvida sobre a menopausa. Por causa do machismo gigante, elas se sentem invisíveis. Não querem falar disso nem se informar. A chave é valorizar esse período, porque a cabeça está maravilhosa, e cuidar do físico, não só da estética, que é uma consequência. Isso vai garantir uma passagem pelos 50 muito melhor", encerra.



Logo Melhores do Ano 2021
Confira os vencedores do prêmio Melhores do Ano NaTelinha 2021

12ª edição bateu recorde de votos: foram mais de 19 milhões e enorme repercussão na web.

CONFIRA
Mais Notícias
Outros Famosos