Reportar erro
Legado

Marília Mendonça deixa herança musical registrada

Cantora registrou canções que ainda não foram gravadas

Marília Mendonça em show segurando microfone e fazendo gesto de coração
Marília Mendonça deixa herança musical registrada - Foto: Reprodução
Redação NT

Publicado em 19/11/2021 às 18:07:43

Marília Mendonça (1995-2021) deixou 98 letras de músicas criadas antes de sua morte. Tais composições foram registradas no Escritório Central de Arrecadação e Distribuição (Ecad), mas nunca foram gravadas pela cantora ou por outro músico. Ainda no órgão, a sertaneja tem inscritas 331 canções, sendo que 152 foram gravadas por outros artistas, como Henrique e Juliano, Jorge e Mateus, Gusttavo Lima, Zé Neto e Cristiano, Luan Santana, Lucas Lucco e Israel e Rodolffo, enquanto a cantora gravou 58 obras, conforme levantamento do G1.

Todas as composições registradas no escritório são de até 2017, época em que a sertaneja não se dedicava a sua carreira de cantora. Além de músicas no sertanejo, Marília também compôs canções para o forró, brega e pop, sendo regravados posteriormente por Márcia Fellipe, Wesley Safadão, Joelma, Gabriel Diniz, Aviões do Forró, Solange Almeida e Claudia Leitte.

Após a morte da artista, que faleceu após o avião em que ela estava cair na zona rural de Caratinga (MG). Um caderno com anotações de Marília foi retirado do local do acidente, levando a crer que poderia ter letras inéditas criadas pela cantora.

Marília Mendonça perde Grammy Latino

Grammy Latino 2021 anunciou seus vencedores na noite dessa quinta-feira (18), mas Marília Mendonça não ganhou prêmio póstumo. Ela perdeu para Chitãozinho & Xororó, mas foi homenageada por Anitta.

"Me dói o coração que ela que não esteja aqui. Todos que te conhecemos sabemos que você era uma mulher generosa e amiga de todos. Vamos lembrar de você hoje amanhã e sempre. Viva Marília Mendonça", declarou a cantora.

A dupla Chitãozinho & Xororó venceu a categoria Tempo de Romance. A surpresa da noite ficou por conta da vitória de Caetano Veloso e Tom Veloso com a canção Talvez, composição de Tom e Cezar Mentes, na categoria gravação do ano.

 

Giulia Be, única brasileira que concorria como Artista Revelação, perdeu para a cantora colombiana Juliana Velásquez. Mas, o Brasil fez bonito na cerimônia e conseguiu se destacar em outras categorias.



Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do Telegram.

Participe do grupo
Mais Notícias
Outros Famosos