Reportar erro
Solidariedade

Whindersson Nunes doa oxigêncio para Manaus e cobra celebridades

"É tão bom quando o público nos recebe com carinho, né. Vamos retribuir?", disse Whindersson

Whindersson Nunes
Whindersson Nunes. Foto: Reprodução/Instagram
Redação NT

Publicado em 14/01/2021 às 21:17:42

O digital influencer Whindersson Nunes anunciou em seu Twitter, nesta quinta-feira (14), que irá doar cilindros de oxigênio para Manaus. A capital do Amazonas enfrenta uma nova crise sanitária, em decorrência do novo coronavírus, com o sistema de saúde quase em colapso e mortes provocadas pela doença.

Na mensagem, Whinderson diz que providenciou 20 cilindros, com 50 litros de oxigênio, a serem distribuídos nas unidades de saúde que estão em situação mais crítica na capital amazonense. Junto ao tweet, está anexo uma imagem de uma campanha de doações, chamada SOS AM.

O influencer aproveitou o momento para convidar outros famosos a se engajarem na causa. "Alô, meus amigos artistas! Na hora de fazer show, é tão bom quando o público nos recebe com carinho, né. Vamos retribuir?”, disse.

O apresentador Luciano Huck retweetou o post, dizendo que irá fazer uma doação para a campanha: “Conte comigo nesta corrente do bem @whindersson. Vou doar também”. O humorista Marcelo Adnet elogiou o influencer: “Vombora”. Além de personalidades, muitos fãs do artista agradeceram a ele.

Falta de oxigênio em Manaus

Por conta da quantidade de pessoas internadas em Manaus, profissionais de saúde começaram a relatar a falta de oxigênio em diversas unidades médicas. Em entrevista à coluna de Mônica Bergamo, na Folha de S. Paulo desta quinta, o pesquisador da Fiocruz-Amazônia, Jesem Oerellana, contou que tem recebido relatos dramáticos de bastidor: “Acabou o oxigênio e os hospitais viraram câmaras de asfixia”.

Também nesta quinta, o governador do estado do Amazonas, Wilson Lima, anunciou um toque de recolher em Manaus. Está proibida a circulação de pessoas nas ruas entre 19h da noite e 6h da manhã. A medida visa tentar conter a disseminação da Covid-19.

Outra medida divulgada pelo governo estadual, por conta da crise de saúde, foi a transferência de pacientes para outros estados, como Goiás, Piauí, Maranhão e o Distrito Federal, por exemplo.

Mais Notícias
Outros Famosos