Reportar erro
Aplausos eternos

10 famosos brasileiros que perderam a luta contra a Covid-19

Muitos artistas não conseguiram vencer o novo coronavírus

Nicette Bruno, Rodela, Daisy Lucidi, Eduardo Galvão e Paulinho em montagem
Muitos famosos perderam a luta contra a Covid-19. Foto: Reprodução
Thomaz Rocha

Publicado em 27/12/2020 às 09:47:00

Mais de nove meses se passaram desde que o Brasil ligou o sinal de alerta por conta da pandemia da Covid-19. Quase 200 mil pessoas perderam a vida após contrair o coronavírus e lutar contra a doença. Entre os famosos, embora muitos conseguiram se recuperar, outros não tiveram tanta sorte. Recentemente, Nicette Bruno, grande dama do teatro e da televisão, foi vítima da Covid, depois de lutar mais de três semanas contra o mal, aos 87 anos.

A morte da atriz causou comoção em todo país. A cerimônia de cremação do corpo de Nicette aconteceu na no início da última semana, no Cemitério da Penitência, no Rio de Janeiro.

A família decidiu que as cinzas fossem levadas para o jazigo da família em São Paulo, onde o marido da atriz, o ator Paulo Goulart (1933-2014), que morreu em decorrência de um câncer, está sepultado.

Os dois artistas foram casados por 60 anos e tiveram três filhos: Beth Goulart, Bárbara Bruno e Paulo Goulart Filho. Confira outros famosos que perderam a vida para a Covid-19 ao longo da pandemia.

Daniel Azulay

10 famosos brasileiros que perderam a luta contra a Covid-19

O artista plástico e desenhista foi um dos primeiros nomes famosos a morrer por Covid-19 no Brasil. A morte de Azulay, em março, comoveu fãs e personalidades notórias na mídia. Aos 72 anos, ele lutava contra a leucemia, quando contraiu o coronavírus.

Entre os primeiros a comentar a morte de Daniel Azulay, Felipe Neto se mostrou abalado com a notícia. "Daniel Azulay marcou a infância de toda uma geração e impactou várias outras. Agora, nos deixa graças aa Covid-19... Que tristeza absurda", escreveu o influenciador digital.

O cineasta Kléber Mendonça Filho, diretor de Aquarius e Bacurau, também homenageou o artista, assim como os jornalistas Felipe Andreoli e Sarah Oliveira.

Daisy Lúcidi

10 famosos brasileiros que perderam a luta contra a Covid-19

A atriz Daisy Lúdici morreu na madrugada do dia 7 de maio, vítima da Covid-19. Ela estava internada em estado grave em um hospital da Zona Sul do Rio de Janeiro, depois de ter testado positivo para o novo coronavírus. Daisy respirava com dificuldades e através de aparelhos, mas não resistiu.

Nascida no Rio de Janeiro, Daisy estreou na televisão na década de 1960 na minissérie Nuvem de Fogo (1963), escrita por Janete Clair na TV Rio. Sua estreia na Globo ocorreu em 1974, quando foi a vilã da novela Supermanoela, de Walter Negrão, na faixa das 19h.

Aldir Blanc

10 famosos brasileiros que perderam a luta contra a Covid-19

Compositor de diversas canções famosas, Aldir foi internado com infecção urinária e pneumonia no Hospital Miguel Couto, no Rio. Por causa da situação crítica de seu estado de saúde, foi transferido para o Hospital Pedro Ernesto, onde foi constatado a infecção pela Covid-19, após exame no compositor.

Na madrugada de 4 de maio, não resistiu as doenças e morreu por complicação do coronavírus, deixando mulher, quatro filhas, cinco netos e um bisneto. Vários famosos, principalmente do mundo da música, lamentaram a morte de Aldir, como João Bosco, Moacyr Luz e Maria Rita.

Rodrigo Rodrigues

10 famosos brasileiros que perderam a luta contra a Covid-19

O apresentador Rodrigo Rodrigues não resistiu e morreu, aos 45 anos, em julho, em decorrência de complicações do novo coronavírus. O jornalista era contratado do Grupo Globo e já estava internado no Hospital Unimed, no Rio de Janeiro, por conta de outra enfermidade, quando veio a óbito.

Ele chegou a ficar em coma na UTI depois de ser submetido a uma cirurgia no cérebro na tentativa de aliviar a pressão no crânio devido a uma trombose venosa cerebral, mas não resistiu. O falecimento foi anunciado pelo programa SporTV News, do SporTV, canal onde Rodrigo comandava o Troca de Passes.

Gésio Amadeu

10 famosos brasileiros que perderam a luta contra a Covid-19

O ator Gésio Amadeu, famoso por novelas como Chiquititas (SBT), Renascer e Terra Nostra (Globo), morreu em agosto, após ficar hospitalizado durante quase dois meses por complicações decorrentes do novo coronavírus. Ele tinha 73 anos.

O filho do artista, Mario Amadeu, informou sobre a morte em sua rede social: "Meu pai acabou de falecer. Falência múltipla de órgãos. Por ora, somente essa informação. Assim que possível, postaremos mais. Obrigado".

Gésio Amadeu estava internado no hospital Santa Maggiore, em Santa Cecília (centro de São Paulo), e contraiu a Covid-19 durante uma consulta para tratar seus problemas de saúde. Ele tratava hipertensão e diabetes.

Rodela

10 famosos brasileiros que perderam a luta contra a Covid-19

O humorista Luiz Carlos Ribeiro, conhecido em todo o Brasil como Rodela, morreu no dia 3 de dezembro, aos 66 anos. O artista do Programa do Ratinho estava internado com pneumonia e coronavírus na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do Hospital Geral de Guarulhos, referência para o tratamento da Covid-19 na Grande São Paulo.

A morte foi anunciada por Murilo Bordoni, diretor de palco do Programa do Ratinho. "Ele estava bem, a mulher dele falou que os médicos retirariam a medicação. Quando o levaram para uma sessão de hemodiálise, não aguentou e teve três paradas cardíacas", relatou Murilo Bordoni em entrevista ao NaTelinha.

Eduardo Galvão

10 famosos brasileiros que perderam a luta contra a Covid-19

O ator Eduardo Galvão morreu na noite de 7 de dezembro, aos 58 anos. Ele estava internado no Hospital Unimed Rio, na Barra da Tijuca, na Zona Oeste, com o novo coronavírus (Covid-19) e 50% dos pulmões comprometidos.

Intubado desde o dia 1º de dezembro, ele havia enviado uma mensagem de áudio ao ator Stepan Nercessian sobre a doença: "Muito ruim isso, cara. Se liga aí, Stepan. Sai de casa não, cara. Fica ligado aí. E o medo que dá, cara. Tu não sabe se vem coisa pior. Se vai melhorar, se não vai".

Ainda na semana passada, a filha do ator, Mariana Galvão, havia utilizado as redes sociais para falar sobre a internação do pai com Covid-19. Até mesmo recentemente ele havia parabenizado a neta pelo primeiro ano de vida.

Paulinho

10 famosos brasileiros que perderam a luta contra a Covid-19

O cantor Paulinho, vocalista do Roupa Nova, morreu há duas semanas, vítima do novo coronavírus. Paulinho estava na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do hospital Copa D'Or, na zona sul do Rio de Janeiro, e sofreu uma parada cardiorrespiratória.

A internação foi divulgada em 4 de novembro, quando recebeu diagnóstico positivo para Covid-19. Ele tinha 68 anos e tinha outras comorbidades, como ter recebido transplante de medula óssea.

O Roupa Nova, em seu perfil no Instagram, anunciou a morte de um de seus integrantes mais famosos e divulgou a causa do óbito: falência múltipla de órgãos, por complicações da Covid-19."As luzes do palco se apagaram", publicou a banda.

Christina Rodrigues

10 famosos brasileiros que perderam a luta contra a Covid-19

Na manhã da quinta-feira (17), morreu a atriz Christina Rodrigues, que fez parte do Zorra, em decorrência de complicações da Covid-19. Ela aguardava uma vaga para a CTI (Centro de Terapia Intensiva) na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) da Tijuca, no Rio de Janeiro, mas não resistiu.

Segundo informações do F5, a artista de 47 anos estava com sintomas graves do vírus, passando por dificuldades em respirar. Desde o dia 14 de dezembro, ela estava na enfermaria da unidade de saúde.

Christina Rodrigues era conhecida por atuar em quadros do programa Zorra Total, que em 2015 mudou de nome sob gestão de Marcius Melhem. Ela também fez participações em novelas, como Malhação Sonhos (2014) e Beleza Pura (2008).

Mais Notícias
Outros Famosos