Reportar erro
Véspera da final

Relembre as maiores polêmicas do BBB21

Temporada teve bifobia, racismo e xenofobia

Fiuk, Camilla de Lucas, Pocah, Viih Tube e Arthur demonstram surpresa na varanda do BBB21
Temporada do BBB21 foi marcada por polêmicas - Foto: Globo
Redação NT

Publicado em 03/05/2021 às 06:55:01

O BBB21 se despede do público nesta próxima terça-feira (4). A temporada mais duradoura da história do reality show – foram 100 dias – entregou entretenimento, romance, tretas e foi marcada por muitas polêmicas, com questões e pautas sociais bem sérias, inclusive, como racismo, bifobia, xenofobia e intolerância religiosa.  

Relembre as maiores polêmicas da temporada BBB21:

Karol Conká e a xenofobia

Logo na primeira semana do reality, Karol Conká foi acusada de xenofobia ao fazer críticas contra nordestinos e nortistas. A cantora relacionou o jeito expansivo da advogada ao estado de Juliette (Paraíba) e ainda afirmou ser "educadinha" por ter nascido em Curitiba (PR).

Lucas come sozinho

Após brigar com a maioria da casa durante a festa Herança Africana, Lucas Penteado foi excluído por boa parte dos colegas de confinamento. Karol Conká liderou o levante contra o ator, e como forma de punição sugeriu aos brothers que o rapaz fosse proibido de sentar à mesa com eles.

A sugestão foi, prontamente, atendida pelos participantes. A imagem de Lucas comendo sozinho revoltou os internautas e hashtags como “pressão psicológica não é entretenimento”, “fora Karol Conká” e “desumano” foram levantadas no Twitter.

Relembre as maiores polêmicas do BBB21
Lucas Penteado come sozinho no BBB21 - Foto Reprodução/TV

Lucas sofre bifobia 

Gilberto e Lucas protagonizaram o primeiro beijo entre dois homens na história do reality show. Entretanto, o que deveria ser celebrado e comemorado, foi invalidado por parte dos brothers que duvidaram da bissexualidade do ator.

Incomodado com os questionamentos sobre suas intenções com o economista, o rapaz arrumou suas malas e pediu para sair do programa. "Tentei ser eu de todas as formas. Vocês estão me tirando", disse Lucas, na ocasião.

Relembre as maiores polêmicas do BBB21
Lucas e Gilberto se beijam no BBB21 - Foto: Globo

Intolerância religiosa

Karol Conká, Lumena, Nego Di e Projota foram acusados de intolerância religiosa após ironizarem Xangô. Durante uma conversa na área externa da casa, eles riram e fizeram piadas de mau gosto envolvendo o orixá. A Polícia Civil do Rio instaurou um inquérito para apurar a denúncia e analisar as imagens.

Sarah debocha da pandemia

Sarah debochou da Covid-19 e revelou ter frequentado festas em plena quarentena. A sister relembrou momentos da seletiva para entrar no programa e contou que recebeu uma ligação da produção enquanto estava numa festa. A consultora de marketing relevou que foi até o banheiro para atender, mas não conseguiu esconder que estava em uma aglomeração.

A repercussão da fala da brasiliense fez com que Tiago Leifert quebrasse o protocolo e informasse para os brothers do BBB21 sobre a pandemia. O apresentador reforçou a importância do distanciamento social e explicou que a segunda onda da doença está mais forte que a primeira.

A fala racista de Rodolffo sobre João Luiz

Durante o jogo da discórdia, João Luiz apontou Rodolffo como o pior jogador e falou sobre a comparação que o sertanejo fez com seu cabelo e a peruca do castigo do monstro, que era de um homem das cavernas. Emocionado, o professor de geografia o disse que precisou criar coragem para desabafar.

A Polícia Civil do Rio abriu um inquérito para analisar imagens do BBB21, após o mineiro expor os comentários de cunho racista feitos pelo sertanejo contra ele.

 

Fique por dentro dos principais acontecimentos do Big Brother Brasil 21 acessando o canal exclusivo do NaTelinha sobre o reality no Telegram.



TAGS:
Mais Notícias