Reportar erro
Bombou

BBB20: Após maior votação da história, reality bate recorde no Ibope em SP e no Rio

Programa teve a maior audiência da temporada

Momento da eliminação de Guilherme do BBB20
A eliminação de Guilherme no BBB20 rendeu recordes ao programa - Foto: Divulgação
Redação NT

Publicado em 04/03/2020 às 19:40:12

A eliminação de Guilherme no BBB20, ocorrida na última terça-feira (03), rendeu a maior votação da história do programa e, além disso, também garantiu recorde no Ibope do programa tanto na praça de São Paulo quanto na do Rio de Janeiro.

Segundo dados da Kantar Ibope, a atração comandada por Tiago Leifert garantiu média de 28 pontos na Grande São Paulo, este foi o melhor desempenho do reality não apenas na atual temporada, mas também superando todos os episódios do BBB19. A última vez que o Big Brother Brasil atingiu média acima desta em São Paulo foi no penúltimo episódio do BBB18, em abril de 2018.

No Rio de Janeiro, a votação histórica que tirou Guilherme do confinamento também recorde para o BBB20, chegando a 30 pontos de média, número que já havia sido atingido ao longo da atual temporada. Mesmo assim, o desempenho foi alto na comparação com o ano passado.

A Globo também comemorou o resultado do programa nas redes sociais. Números indicaram que o BBB20 conquistou mais de 2,5 milhões de depoimentos apenas na última terça-feira, um crescimento de 34% em relação a eliminação da semana anterior, quando Bianca foi retirada da casa. O BBB20 ainda emplacou 115 temas entre os Trending Topics do Twitter no Brasil e 21 no mundo.

BBB20: recorde

A Globo chegou a divulgar vídeo comemorando os resultados do BBB20 com a eliminação de Guilherme. Segundo a emissora carioca, os 416 milhões de votos representaram a maior votação na história de um reality show no mundo todo.

Durante boa parte do dia houve expectativa sobre quem seria o escolhido para ser o eliminado e o anúncio do nome de Guilherme com uma diferença de mais de 13% chamou a atenção, já que, em termos numéricos, a diferença acabou sendo em mais de 50 milhões de votos.

Mais Notícias