Quarta-feira

Nota 0 e Nota 10: A falta de sensibilidade do SBT e o show de cobertura das chuvas na Globo

Nota 0 e Nota 10: A falta de sensibilidade do SBT e o show de cobertura das chuvas na Globo
"SBT Rio" tem nota 0; cobertura da Globo é nota 10

Sandro Nascimento
i

Sandro Nascimento

O jornalista Sandro Nascimento assina colunas e reportagens exclusivas no NaTelinha. Também é correspondente da agência de notícias ZOOMINTV. Twitter: @SandroNascimm / E-mail: sandro@natelinha.com.br

Publicado em 10/04/2019 às 06:00:27 Atualizado em 10/04/2019 às 09:14:54

Todos os dias aqui no NaTelinha, o jornalista Sandro Nascimento dá nota 0 e nota 10 para o que assiste, apontando o que gostou e o que não gostou na televisão.

As opiniões são pessoais e não refletem necessariamente a posição do site, mas seguem preceitos do jornalismo, como ética, imparcialidade e isenção.

A página também está aberta para comentários e debates sobre os assuntos retratados.

Nesta quarta-feira (10), os temas são SBT e Globo na cobertura das fortes chuvas que caíram no Rio de Janeiro nos últimos dias.

Confira: 

Para quem faz a gestão da programação do SBT no Rio de Janeiro. Na tarde desta terça-feira (09), no meio dos transtornos que a cidade enfrenta por causa da forte chuva, a emissora encerrou o noticiário local, "SBT Rio", e passou a exibir o icônico e velho "Chaves".

Embora tenham iniciado o jornalístico mais cedo, substituir o "SBT Rio" pelo menino do barril mostra, no mínimo, pouca sensibilidade dos diretores pela população e o pouco interesse de fidelizar o jornalismo local. Mas é ingênuo esperar algo diferente de uma filial, sendo que a sede em São Paulo tem atitude até pior na grade diante de diversos fatos nacionais.

Depois não entendem porque no Rio a Globo continua sem concorrência. 

Para a agilidade do jornalismo da Globo na cobertura das fortes chuvas que caíram no Rio de Janeiro.

Na noite da última segunda-feira (08), assim que a população passou a enfrentar os primeiro problemas com as enchentes, o canal cancelou a grade após "O Sétimo Guardião" e passou a exercer o melhor jornalismo de prestação de serviço. Assim ficou até o "Jornal da Globo". 

Enquanto os cariocas tentavam sobreviver debaixo d'água, SBT e Record exibiam uma programação como se tudo estivesse normal. Não abriram espaço nem para plantão. No dia seguinte, tentaram correr atrás do prejuízo, mas já era tarde.

Na Globo, o destaque foi para as entradas do repórter Pedro Figueiredo. Seguro e sem sensacionalismo, entrou literalmente dentro das enchentes para mostrar o caos que se tornou a cidade.


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!