Reportar erro
Personalidade forte

Fabíola 'rabo de arraia' revela briga que deixou Marcelo Rezende sem dormir cinco noites

A repórter era uma das queridinhas do ex-apresentador do Cidade Alerta

Fabíola Gadelha e Marcelo Rezende sorrindo, abraçados e posando para foto
Fabíola Gadelha conquistou a admiração de Marcelo Rezende - Reprodução/Instagram
Jéssica Alexandrino

Publicado em 15/11/2021 às 16:35:40,
atualizado em 19/11/2021 às 10:14:56

Fabíola Gadelha ganhou fama nacional quando começou a fazer entradas ao vivo com Marcelo Rezende (1951-2017) no Cidade Alerta, da Record. Em entrevista ao A Tarde É Sua, da RedeTV!, nesta segunda-feira (15), a jornalista contou que, apesar da grande parceria que os dois tiveram, a rotina no trabalho não era sempre tranquila "Eu tive alguns perrengues com ele, alguns embates que ninguém sabe. Nós tivemos uma briga que eu disse pra ele que não ía mais trabalhar com ele. E eu acredito que era isso que ele gostava em mim. Eu era eu, eu falava o que eu pensava, eu dizia 'você tá errado, não pode, você vai ficar sozinho, ninguém vai querer mais trabalhar com você'. Aí passaram cinco dias e ele me ligou. Ele disse assim 'eu passei cinco dias sem dormir com tudo que você me falou'", revelou a repórter.

O motivo da briga foi uma matéria que Fabíola não conseguiu concluir e foi ao ar incompleta, o que deixou o apresentador bravo. "Ele errou comigo no dia do aniversário do meu filho, sabe? Ele falou umas coisas ao vivo que não eram verdade, ele achava que era. E aquilo prejudicou muito, atrapalhou o aniversário do meu filho. E no dia seguinte, eu cheguei lá querendo pegar no pescoço dele. Falei 'você não pode mexer com o que é mais precioso. Você fale o que você quiser pra mim, mas você atrapalhou o aniversário do meu filho'", lembrou, explicando que talvez ninguém da produção tenha conseguido falar pra ele que a reportagem não estava concluída porque ele exigia sempre matérias de Fabíola.

A 'rabo de arraia' continuou contando o desenrolar da discussão. "Eu falei pra ele 'você não tinha esse direito. Eu nunca mais vou trabalhar com você'. E eu cheguei a falar pra Record 'com o Marcelo eu não trabalho mais. Eu trabalho com qualquer coisa, mas com o Marcelo eu não trabalho mais', e eu falei isso na frente dele. Eu fiquei realmente magoada e eu não sou de segurar. E aí ele pegou e disse 'não, não pode, quê isso, não. Vocês vão deixar? A Fabíola é minha, é da minha equipe'. Mas passaram cinco dias, eu tive que fazer uma viagem, eu já tinha deixado tudo certo e, quando eu voltei, a Record me disse que o Marcelo pediu pelo amor de Deus pra eu não sair do Cidade Alerta.

A repórter explica que resolveu conversar com o apresentador e acha que Deus a usou para que ele caísse na real. "Caiu uma ficha que ele não tinha percebido, de que ele realmente estava afastando pessoas. Ele estava num momento que ele estava dando patadas, o que é normal, é do ser humano, a gente faz isso, a gente tem que ficar todo o tempo se controlando se policiando. A nossa busca pra ser uma pessoa melhor é no dia a dia, isso é de todos. Ele prometeu que nunca mais ía fazer isso", disse ela, que avisou ao colega de emissora que, se ele não cumprisse a promessa, ela 'cairia fora'.

Fabíola ainda completou dizendo que a relação dos dois se fortaleceu depois desse episódio. "Nossa amizade ficou dez vezes melhor, passamos a ter mais intimidade, ele me contava as coisas", acrescentando que até o local em que mora foi indicação de Rezende e que ela abraçava os conselhos dele.

Fabíola Gadelha conta origem de apelido dado por Marcelo Rezende

Famosa pelo apelido 'rabo de arraia', criado por Marcelo Rezende, Fabíola Gadelha diz que grande parte do público se confunde em relação à origem da expressão. "Muita gente pensa que é por conta da 'buzanfa' grande, mas não. O rabo de arraia veio, realmente, porque a arraia tem dois ferrões, e quando você encosta ela vem com tudo. Ele falava isso por conta do meu jeito de entrevistar os criminosos", explicou, em entrevista ao A Tarde É Sua, comandado por Sônia Abrão.

"Não tinha apelido melhor pra mim porque eu sou autêntica, corajosa, nunca tive medo. Nessa linha eu sigo até hoje e sempre deu certo", completou.

Fabíola ainda lembrou que suas reportagens começaram a entrar diariamente no Cidade Alerta e que, com isso, chamou a atenção de Rezende. "Depois de umas três semanas com matérias minhas, me ligaram dizendo 'o Marcelo quer você ao vivo. Suas matérias têm dado muita audiência, o povo tem gostado'. Isso falaram meio-dia para quatro da tarde eu estar posicionada. Então não deu tempo de tremer, deu tempo só de fazer", contou dizendo que acredita que Deus tenha a capacitado e que não se preocupou com a missão, acrescentando que acha que era parecida com o Marcelo.

"Quando eu entrei pela primeira vez, foi algo impressionante, parecia que a gente já se falava há muito tempo. Foi um encontro de propósitos, sabe? Desde o primeiro dia, eu nunca mais deixei de entrar ao vivo com ele. De lá, foi quando me trouxeram para São Paulo e estou aqui até hoje", disse ela, que é natural de Manaus, no Amazonas.



Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Participe do grupo
Mais Notícias