Reportar erro
Descontrolado

Bolsonaro grita com mulher repórter da CNN: "Para de fazer pergunta idiota"

Presidente perde a postura mais uma vez

Jair Bolsonaro falando aos repórteres
Jair Bolsonaro mostra descontrole mais uma vez - Foto: Reprodução/CNN Brasil
Redação NT

Publicado em 25/06/2021 às 12:26:35,
atualizado em 25/06/2021 às 12:40:36

Jair Bolsonaro (sem partido) mostrou descontrole mais uma vez no final da manhã desta sexta-feira (25). Em Sorocaba, interior de São Paulo, na inauguração do Centro de Tecnologia da cidade, o presidente gritou com uma repórter da CNN Brasil em resposta sobre o atraso de vacinas contra a Covid-19 e o escândalo dos contratos do imunizante indiano Covaxin. "Para de fazer pergunta idiota", detonou ele.

A repórter questionou sobre a compra da vacina em fevereiro, quando Bolsonaro se destemperou: "Em fevereiro? Onde é que tem vacina para atender todo o mercado aqui e em todo o lugar do mundo? Responda!".

Adriana de Luca, da CNN Brasil, tentou argumentar, mas o presidente manteve o descontrole, afirmando que a imprensa faz "perguntas idiotas e ridículas". "Para de fazer pergunta idiota, pelo amor de Deus. Então, seguinte: Vamos fazer pergunta inteligente, pessoal". Os seguranças riam entre eles ao fundo. Bolsonaro foi mais além e enfatizou que nunca houve corrupção em seu governo.

Reincidência de Bolsonaro

Na última segunda (21), Bolsonaro atacou a jornalista Laurane Santos, da TV Vanguarda, afiliada da Globo. Questionado porque estava sem máscara, respondeu: "“Eu chego como quiser, onde quiser, eu cuido da minha vida. Parem de tocar no assunto. [Presidente tira a máscara] Você quer botar… Me bota agora… Vai botar agora… Estou sem máscara em Guaratinguetá. Está feliz agora? Você está feliz agora? Essa Globo é uma merda de imprensa. Vocês são uma porcaria de imprensa".

A repórter Laurene Santos tentou rebater a fala do presidente, mas ele não permitiu e seguiu revoltado. Descontrolado, o governante pediu que a profissional da Globo ficasse calada. “Cala a boca. Vocês são canalhas. Fazem um jornalismo canalha, vocês fazem. Canalha, que não ajuda em nada. Vocês não ajudam em nada. Vocês destroem a família brasileira. Destroem a religião brasileira. Vocês não prestam. A Rede Globo não presta. É uma péssima [sic] órgão de informação”, completou.

Antes de atacar a repórter da Globo, Bolsonaro tinha alfinetado a CNN Brasil por conta da cobertura das manifestações contra ele no fim de semana. “Vocês elogiaram a passeata agora de domingo. Jogaram fogos de artifícios em cima de vocês e vocês elogiaram ainda”, completou.



Mais Notícias