Reportar erro
Mensagem

Repórter da Globo atacada por Bolsonaro se pronuncia após agressão

Laurene Santos gravou víde falando sobre o episódio

Laurene Santos em vídeo; Jair Bolsonaro no momento da agressão
Laurene Santos se pronuncia após sofrer agressão de Bolsonaro - Foto: Reprodução
Redação NT

Publicado em 22/06/2021 às 21:29:00

Na noite desta terça-feira (22), Laurene Santos usou as redes sociais para se pronunciar sobre a agressão sofrida por ela, após ser hostilizada por Jair Bolsonaro, durante uma entrevista em Guaratinguetá, em São Paulo. No vídeo, a jornalista agradeceu as mensagens de apoio que recebeu depois do episódio ser amplamente divulgado nas redes sociais e noticiários.

"Oi, pessoal, boa noite. Passando pra uma conversa rápida com vocês, pra agradecer a todas as mensagens positivas que chegaram aqui desde ontem. Falo em meu nome e em nome do repórter cinematografico André Bias. Nós não conseguimos responder todas as mensagens, mas esperamos que esse vídeo chegue até vocês como um abraço, um abraço em retribuição a tanta solidariedade", disse Laurene.

"Também gostaria de fazer minhas algumas palavras divulgadas no editorial do JN (Jornal Nacional) no último sábado e que descrevem vem este momento. 'Quando todos nós olharmos para trás, quando nos perguntarem o que fizemos para ajudar a evitar essa tragédia, cada um de nós terá a sua resposta'. Aos meus amigos jornalistas, eu desejo força e continuidade da missão de informar", completou a jornalista.

Relembre ataque de Bolsonaro a repórter da Globo

O presidente Jair Bolsonaro atacou Laurene Santos, nesta segunda-feira (21), e mandou a repórter da TV Vanguarda, afiliada da Globo no interior de SP, “calar a boca”. O político iniciou a entrevista de máscara, porém, se irritou com uma pergunta, tirou a peça e vociferou contra a emissora, chamando a rede de "canalha". Ele ainda criticou a CNN Brasil pelo tom usado na cobertura das manifestações contra ele no fim de semana.

Bolsonaro chegou em um evento em Guaratinguetá sem máscara e foi questionado pela jornalista da Vanguarda. Nervoso, ele mandou pessoas atrás dele ficarem quietas e atacou a imprensa. A repórter Laurene Santos tentou rebater a fala do presidente, mas ele não permitiu e seguiu revoltado. Descontrolado, o governante pediu que a profissional da Globo ficasse calada.

Após a agressão, vários famosos se solidarizaram com a repórter, como Luciano Huck e a jornalista Andréia Sadi. Mais tarde, a Globo emitiu nota de repúdio sobre o episódio.



Mais Notícias
Outros Famosos