Reportar erro
Alerta Nacional

Após caluniar Xuxa e ser processado, Sikêra Jr faz apelo: "Não aguento mais"

Apresentador da RedeTV! associa rainha dos baixinhos a pedofilia

Xuxa Meneghel e Sikêra Jr
Xuxa Meneghel e Sikêra Jr - Fofo: Montagem/Reprodução/Instagram/RedeTV!
Paulo Pacheco

Publicado em 30/11/2020 às 19:26:01

Processado pela segunda vez por Xuxa Meneghel, Sikêra Jr se manifestou no Alerta Nacional desta segunda-feira (30). A "rainha dos baixinhos" pediu na Justiça que o apresentador sensacionalista não a mencione em seu programa, exibido pela RedeTV!. Há mais de um mês, ele tem associado a rival e a homossexualidade à pedofilia por ter escrito um livro sobre uma criança com duas mães.

"O assunto já ficou chato. Quem não está aguentando mais sou eu. A dona Maria, a Xuxa, me processou mais uma vez, agora por difamação e calúnia. Eu não sei o que a senhora quer. Eu já pedi paz. Pelo amor de Deus, me deixe trabalhar, vá fazer o da senhora. Dona Maria, pelo amor de Deus, eu nem queria tocar no seu nome mais. Dona Maria, vá fazer o teu. Eu não tenho culpa se o caminho que você escolheu não está dando para sustentar", disse o apresentador, que ironizou o pedido de indenização por dano moral requisitado por Xuxa na Justiça.

"É de dinheiro que a senhora está precisando? Eu posso até emprestar para a senhora. A senhora está lisa? Está quebrada? Eu lhe empresto. Mas quer tomar o meu dinheiro à força! Mais um processo. Mulher, vá cuidar da tua filha, do teu marido, da tua casa! Deixe eu viver em paz, em nome de Jesus Cristo! Pare com isso! Para mim, é assunto encerrado", prosseguiu Sikêra.

Na realidade, o assunto não está encerrado porque Sikêra ainda não explicou por que riu de um estupro no Alerta Nacional de 21 de outubro, o que motivou uma campanha de Xuxa contra o apresentador. Naquela edição, ele exibiu um ato de zoofilia e fez piada do crime, e foi criticado por Luisa Mell e pela "rainha dos baixinhos".

Desde quando se tornou alvo de Xuxa, Sikêra tem aproveitado a fama repentina como "rival" da apresentadora para se promover. Além de chamar a loira de pedófila, disse que Luisa Mell enriquece às custas do sofrimento dos animais. Ela também processou o titular do Alerta Nacional.

Na última semana, a juíza Glaucia Lacerda Mansutti, da 45a Vara Cível do TJ-SP (Tribunal de Justiça de São Paulo) negou o pedido de Xuxa para não ser citada por Sikêra Jr no programa da RedeTV!, alegando "censura prévia, o que também é vedado" pela Constituição.



Mais Notícias