Reportar erro
Aposta

Novo canal Loading fará torneio de game "sensação" da web

Emissora organizará campeonato de LOL

Jogo de LOL
Loading organizará campeonato de LOL - Foto: Reprodução
Redação NT

Publicado em 30/11/2020 às 18:15:00

Com estreia prevista para dezembro, a Loading vai transmitir seu próprio campeonato de LOL (League of Legends) já na primeira semana que estiver no ar. A competição terá três semanas e contará com seis equipes, sendo que cinco fazem parte do CBLOL. A nova emissora apostará em conteúdos games, e-sports, cultura pop, séries, animes e produtos que abrangem o universo jovem.

Os times já passaram pelo período de novas contratações e o torneio permitirá que os jogadores sejam testados. Será também o último campeonato antes do começo das franquias no CBLoL 2021. Cercada de expectativa pelos fãs do modalidade, a Loading ainda irá revelar todos os detalhes do formato, como os times participantes e a equipe que fará a narração, comentários e cobertura da competição.

A emissora já garantiu que irá apostar em programas próprios e o torneio de LOL é mais um exemplo. Em menos de um mês desde que foi anunciada sua chegada no Brasil, a Loading já revelou que terá em sua programação a produção Metagaming, que contará no elenco Bárbara Gutierrez e Vicenzo Mandetta.

“Nós vamos traduzir a interatividade e liberdade de escolha dos canais digitais em oito horas de live com chat e comunicação direta via rede social. Nosso espectador vai ser parte do conteúdo, das escolhas e de nossas discussões”, contou Anderson Abraços, CXO e Diretor de Programação da startup na ocasião.

Loading vai apostar no público jovem

Com a promessa de investir também em animes e tokasatsus, Anderson Abraços, responsável pela grade da emissora, afirma que a programação da Loading se dividirá em três categorias: Cultura Pop Oriental, Ocidental e E-sports/Games. “Em se tratando de Cultura Pop Oriental, além do investimento em conteúdos relacionados com K-Pop, vamos ter animes, tokasatsus, séries e já estamos estudando a aquisição de títulos de J-Dramas e C-Drama, que são produções muito bem feitas, com investimentos dignos de conteúdos hollywoodianos”.

Com uma programação descrita como orgânica e uma abordagem "human centric" desde as escolhas dos títulos, Anderson Abraços afirma que tudo vem de um entendimento profundo do que os fandoms esperam e de rodadas de pesquisa que fizeram ao longo da concepção do projeto.

TAGS:
Mais Notícias