Reportar erro
Desabafo

Neto detona Bolsonaro: "Nós somos um povo de maricas?"

Apresentador não gostou da fala do governante

Craque Neto em Os Donos da Bola
Neto criticou Bolsonaro - Foto: Reprodução/Band
Redação NT

Publicado em 12/11/2020 às 14:54:00

O apresentador Neto criticou o presidente Jair Bolsonaro nesta quinta-feira (12), durante seu programa Os Donos da Bola, da Band. O ex-jogador ficou incomodado com a declaração do governante, que chamou o Brasil de país de “maricas” no início da semana. Neto saiu em defesa da população e disse que o povo tem passado dificuldades nos últimos tempos.

“Quando o presidente fala que somos um país de maricas, como é que você pode acreditar no povo? Como você pode acreditar que o povo, um povo trabalhador, que nós estamos passando uma má fase desgranhenta. As pessoas arrebentando pra trabalhar, quantas pessoas não perderam emprego? Nós somos um povo de maricas? Muito pelo contrário! Até porque quem é homofóbico não sabe o que é ser gay, hétero, um país de racistas que nós somos. Aí o presidente vem e fala isso”, disparou o comunicador.

O desabafo não foi por acaso. Na última terça-feira (10), em coletiva, o presidente Jair Bolsonaro voltou a comentar a situação do Brasil em relação ao novo coronavírus e disse que "tem que deixar de ser um país de maricas". O posicionamento recebeu muitas críticas de políticos e de artistas.

Neto vem se posicionando com mais frequência sobre temas polêmicas

Após se recuperar do novo coronavírus, Neto tem feito declarações consideradas “progressistas” e tem se posicionado com maior frequência sobre temas como homofobia, defesa do combate a violência contra a mulher. Um dos casos que mais repercutiu foi sua crítica ao jogador Robinho e ao Santos.

“A gente tem que parar com toda essa palhaçada que tá acontecendo, rapaz! É senador com R$ 30 mil na cueca, é R$ 20 milhões que a gente deixa de dar pra Covid-19 e as pessoas morrendo. Isso é ser genocida. Como é que pode isso aí que tá acontecendo com o Robinho? Como é que o Santos contrata o Robinho? Com todo respeito, que Deus, rapaz? Você acha que Deus faz isso aí? Vocês ficam pensando aí: ‘Ah, o Robinho vai jogar?’, ‘Ah, se o patrocinador vai sair’. Alguém falou da menina? Alguém sabe da mãe dela? Alguém sabe da vó dela? Alguém sabe o que ela tá sofrendo agora?”, disse o apresentador.

Na ocasião, Robinho foi contratado pelo Santos e várias mulheres se mobilizaram para que o acordo fosse desfeito. O atleta é condenado em primeira instância pelo crime de estupro na Itália. Ele ainda recorre da decisão em liberdade.

 



Mais Notícias