Exclusivo

Café com Bobagem deixa SBT após 20 anos e assina com a Band

Grupo desfalca A Praça É Nossa para ter programa próprio em outra emissora

 Café com Bobagem deixa SBT após 20 anos e assina com a Band
René Vanorden e Ênio Vivona em Os Árabes, quadro de A Praça É Nossa - Foto: Lourival Ribeiro/SBT

Paulo Pacheco

Publicado em 07/10 às 20:00:01

Em quarentena, A Praça É Nossa perderá quatro humoristas de uma vez. O grupo Café com Bobagem, formado por Ênio Vivona, Oscar Pardini, René Vanorden e Zé Américo, assinou com a Band e deve estrear já nesta sexta-feira (9).

continua depois da publicidade

O NaTelinha apurou que as negociações com a Band avançaram no último mês. O grupo deverá estrear uma atração própria aos finais de semana e ganhará 40% a mais em relação ao salário do SBT, que tem dispensado artistas para enxugar a folha salarial e evitar um rombo no balanço financeiro anual. Somente nesta quarta, Leão Lobo, Lívia Andrade e Mamma Bruschetta foram demitidos.

Os integrantes do Café com Bobagem estão trabalhando a todo vapor na nova casa. No último sábado, gravaram sátiras de programas políticos que serão exibidos após o horário eleitoral gratuito. Também estão no elenco Ivan de Oliveira e Robson Bailarino (ex-SBT e Record).

continua depois da publicidade

A contratação pela Band já era especulada desde o vazamento da ida dos humoristas para a Play FM, recém-inaugurada pelo Grupo Bandeirantes. A trupe trocou a rádio Transcontinental e terá uma atração na hora do almoço para concorrer com o Pânico, da Jovem Pan.

Antes de fechar com a Band, o grupo se reuniu com Carlos Alberto de Nóbrega para anunciar a saída da Praça. Os quatro humoristas trabalharam no programa em dois períodos: entre 1993 e 1998 e desde 2000, após breve período no Domingão do Faustão.

continua depois da publicidade

Zé Américo interpreta Dapena em A Praça É Nossa - Foto: Lourival Ribeiro/SBT

"Temos que renovar", diz Carlos Alberto de Nóbrega

Procurado pelo NaTelinha, Carlos Alberto confirma a saída do Café com Bobagem e deseja sorte aos agora ex-colegas. Esta é o segundo grande desfalque da Praça em 2020 (Maurício Manfrini, o Paulinho Gogó, deixou a atração em abril). 

"Eles foram para a Bandeirantes, e tudo bem. Eles estão certos, têm que tocar a vida deles, não podem ficar presos. Eles saíram uma vez, foram para a Globo e não deu certo, tomara que agora dê. Temos que renovar também, não podem ser sempre os mesmos. Não fico chateado", afirma o líder da Praça. 

continua depois da publicidade

O processo de renovação do humorístico deve começar assim que Carlos Alberto retornar ao estúdio, devidamente vacinado contra o coronavírus, para gravar a temporada de 2021. Entre os desejos do programa, apurou o NaTelinha, estão Fábio Rabin, Gustavo Mendes e Tirullipa.

Lançado em 1989, o Café com Bobagem entrou para a história do humor no rádio com imitações e paródias. Na TV, trabalharam em A Praça É Nossa, Domingo Legal e Domingão do Faustão, porém nunca tiveram um programa próprio, como os “rivais” Pânico (Jovem Pan, RedeTV! e Band) e Encrenca (89 A Rádio Rock e RedeTV!).

continua depois da publicidade

Na Praça, os quatro humoristas já eram considerados veteranos e consagraram personagens como Os Árabes (Ênio Vivona e René Vanorden) e Nhonhô (Oscar Pardini), além de sátiras a programas de TV como Brasil Urgente (com Dapena, imitação de Zé Américo para José Luiz Datena) e Altas Horas (Falta Horas com Serginho Gosma, imitação de René Vanorden para Serginho Groisman).