Reportar erro
Abriu o jogo

Ana Maria Braga revela que sofreu assédio de um diretor de TV: "Quebrei o braço"

Apresentadora relatou que se machucou ao fugir do ataque

Ana Maria Braga sentada ao ser entrevistada no Roda Viva
Ana Maria Braga participou do Roda Viva - Foto: Reprodução/TV Cultura
Redação NT

Publicado em 22/09/2020 às 10:15:00

Ana Maria Braga revelou na última segunda-feira (21), em entrevista ao programa Roda Viva, da TV Cultura, que quebrou o braço ao fugir de um assédio que sofreu. A apresentadora participou do bate-papo por vídeochamada e abriu o coração ao relatar sua relação com o marido francês Johnny Lucet. Ela ainda admitiu ter dificuldade para largar definitivamente o cigarro e relembrou as dificuldades que enfrentou por causa do novo câncer.

“Eu acho que o mundo tá mudando. Eu cheguei aqui em São Paulo na década de 70. Naquela época, tinham diretores que onde quer que a mulher trabalhasse, sem dúvida nenhuma existiam paixões e existiam pessoas que eram assediadas. Eu sofri um dessas ameaças e eu repudio. Eu fui falar com o chefe e ele não acreditou em mim”, contou.

Ela chegou a se machucar fisicamente ao tentar fugir de uma investida feita por um diretor. “O assédio não foi feito fisicamente porque eu estava na sala de um diretor. Ele tinha pedido um projeto para mim, que ia ser muito bom para a televisão brasileira. Fiz um projeto lindo. Fiquei 15 dias trabalhando no projeto. Acreditando que eu pudesse sair do programa da tarde e ter um programa a noite na televisão”, relatou.

“Quando levei [o projeto], ficou na mesa dele. Ele me olhou, levantou da mesa e veio para cima de mim. Fiquei absolutamente estupefata. Eu fugi. Quando eu fugi da sala dele, saí com tanto ímpeto, que tinha uma escada. Despenquei da escada do nono andar até o oitavo, que era o departamento comercial. Alguém me socorreu e me acudiu. Eu quebrei o braço”, completou.

Ana Maria Braga e o câncer

Ana Maria Braga revela que sofreu assédio de um diretor de TV: \"Quebrei o braço\"

Em janeiro, Ana Maria conversou com os telespectadores do Mais Você e revelou que precisaria enfrentar mais uma luta contra o câncer. Ela precisou se afastar do programa matutino da Globo, mas sua recuperação foi anunciada no Encontro no final de abril.

“Cada vez, a cada susto, quando você acha que já se livrou, ele voltou em outra área, de outra forma. Quando meu médico disse que a gente ia ter que olhar de novo, é o mesmo susto, a mesma reação. É um nome que assusta muito qualquer pessoa. Quanto antes é descoberto é melhor, mas é um baque muito grande”, desabafou.

Ana Maria Braga nunca escondeu que era fumante, mas ela tem tentado parar desde que descobriu o câncer no pulmão. Entretanto, a apresentadora explica que tem dificuldades e não conseguiu parar totalmente com o uso de cigarro.

“Como aquelas pessoas que dependem de uma droga, a gente não pode dizer nunca. Eu falo que hoje eu não fumo, estou sem fumar. Tem dias que eu venço essa guerra, tem dias que não venço e não tenho vergonha nenhuma de falar isso. Eu continuo dependente. Tem dias que eu venço, tem dias que não”, disse a comunicadora.

Ana Maria Braga e o casamento

Em fevereiro, Ana Maria Braga se casou com o francês Johnny Lucet em uma cerimônia secreta e para poucas pessoas. Com a pandemia do novo coronavírus, eles se isolaram e estão ainda mais próximos. A apresentadora comemorou o fato de estar vivendo um novo amor.

“É tão bom ficar pertinho. Eu estou aprendendo a conviver ainda, ele não fala português, tem hábitos diferentes. Mas é muito bom”, concluiu. Esse é o terceiro casamento da global, já que ela teve um relacionamento com Eduardo de Carvalho, entre 1980 e 1992, e Carlos Madrulha, de 1997 a 2002.

Confira a entrevista na íntegra:

Mais Notícias