Exclusivo

Maldivas: Manu Gavassi revela por que aceitou convite da Netflix sem pensar duas vezes

A atriz interpreta Milene na nova produção da gigante do streaming


Manu Gavassi com cabelo curto e loiro, de biquíni rosa, com óculos escuros na cabeça e celular na mão direita
Milene (Manu Gavassi) é figurinha carimbada na piscina do Maldivas - Rachel Tanugi/Netflix
Por Jéssica Alexandrino

Publicado em 15/06/2022 às 04:00:00,
atualizado em 15/06/2022 às 09:08:44

Maldivas chega ao catálogo da Netflix nesta quarta-feira (15) com muitos mistérios, drama, uma pitada de ironia e um elenco recheado de estrelas. Manu Gavassi esteve na premiére da série, que aconteceu em São Paulo, na última segunda-feira (13), e contou ao NaTelinha por que aceitou logo de cara o convite para viver Milene. "Um dos fatores principais de eu ter topado na hora é o fato da Natália [Klein] escrever. Não é porque ela tá do meu lado que eu tô puxando esse saco, mas ela sabe que eu sou muito fã do trabalho dela como roteirista, como criadora. Ela tem um humor irônico, provocativo, que não é muito comum de você ver nas séries nacionais ainda, eu acho que isso vai abrir muitas portas", aposta.

Na produção, Milene é a síndica de um condomínio de luxo da Barra da Tijuca, no Rio, chamado Maldivas. A patricinha é casada com Victor Hugo (Klebber Toledo), cirurgião plástico que mudou a aparência da mulher e perdeu o encanto por ela depois que já não tinha mais o que transformar. A loira ostenta uma vida perfeita, mas esconde segredos que influenciam totalmente nas suas atitudes e no seu modo de agir. Para Manu, foi amor à primeira vista. "Na hora que eu li todos os personagens, eu falei 'meu Deus, tomara que me deem a Milene'. E me deram. Na hora eu já gostei muito da personagem", revela.

"Eu acho que ela tinha uma licença poética pra você poder ir pra todos os lados com ela. Existe um deboche e uma arrogância beirando o caricato, porque não sei quem vai numa reunião de condomínio do jeito que essa mulher vai, mas eu acho demais poder brincar com isso. Ao mesmo tempo, existe uma realidade muito grande na vulnerabilidade dela. Ela sozinha com o marido você entende que ela se sente completamente rejeitada, então aquela vulnerabilidade é real. Eu acho que com isso a personagem é da vida real. Você entende que é uma máscara que ela usa no condomínio. Pra mim, poder fazer uma personagem maravilhosa, que tem esses dois lados, foi incrível. Aproveitei muito", comemora ela.

Assim como sua intérprete, Milene chama a atenção porque esbanja estilo e personalidade na hora de se vestir. Porém, se precisasse recorrer ao closet da madame para se arrumar, Manu avisa que não faria as mesmas combinações dela e diz que, em certas situações, "ela parece uma boneca saída de um livro de K-Pop". Sobre o que as duas têm em comum, a artista arrisca um palpite. "Eu acho que a gente só acredita no look e vai. Eu acho que a Milene puxou isso de mim. Com pequenas mudanças, eu roubaria várias peças da Milene", completa.

Autora de Maldivas diz que Manu Gavassi foi a escolha perfeita para viver Milene

Maldivas: Manu Gavassi revela por que aceitou convite da Netflix sem pensar duas vezes
Milene (Manu Gavassi) e Verônica (Natália Klein) durante reunião de condomínio - Rachel Tanugi/Netflix

Natália Klein estava visivelmente emocionada no lançamento de Maldivas. Ao NaTelinha, a autora, que também integra o elenco da série, revela como estava lidando com a proximidade da estreia. "Sabe quando você tá sentindo tantas emoções ao mesmo tempo que você ainda tá anestesiada? Acho que vou demorar uns dias pra entender o que tá acontecendo. Eu tô muito feliz, mas ao mesmo tempo eu ainda não acreditei. É muito trabalho, muito esforço, realmente uma dedicação de muitos anos. É mágico", vibra, prometendo que o público vai encontrar uma série leve, para assistir quando chegar do trabalho.

Ao lado de Manu Gavassi, a escritora retribuiu os elogios que ganhou da atriz. "Não existe outra atriz pra fazer a Milene. A Milene é a Manu, já falei isso várias vezes", derrete-se, antes de dar alguns detalhes sobre a construção da patricinha do condomínio Maldivas. "Ela é aterrada numa realidade, num drama que você consegue se relacionar, você consegue fazer o que quiser com essa personagem, você consegue colocá-la pra fazer absurdos, então é divertido escrever porque o céu é o limite. A partir do momento em que você estabelece que aquela personagem é real, ela existe, vai...", diz.

Na série, Natália interpreta Verônica, chamada de Mortícia por Milene, que debocha do estilo "gótico" da vizinha. Na ficção, as duas são rivais e, além de estar sempre tentando descobrir os segredos da loira, Verônica compete com ela pelo posto de síndica do condomínio. Na vida real, as atrizes brincam que não se sairiam bem no cargo. "Igualmente, a gente fugiria [risos]", finaliza Manu.

Confira o trailer de Maldivas:


Acompanhe a TV NaTelinha no YouTube

Resumos de novelas, entrevistas exclusivas, bastidores da televisão, famosos, opiniões, lives e muito mais!

Inscreva-se
Mais Notícias