Reportar erro
10 episódios

Globoplay finaliza gravações da segunda temporada de Desalma

Novos episódios ainda não tem data de estreia

Cássia Kis em Desalma
Cássia Kis é uma das estrelas de Desalma - Foto: Reprodução/Globoplay
Redação NT

Publicado em 14/08/2021 às 10:05:00

O Globoplay finalizou as gravações da segunda temporada de Desalma, mas ainda não decidiu quando colocará os novos episódios no catálogo. A produção estreou no ano passado e conseguiu grande prestígio nas premiações no Brasil e exterior, recebendo 16 indicações.

De acordo com informações publicadas neste sábado (14) pelo jornalista Flávio Ricco, as filmagens do seriado de terror protagonizado por Cláudia Abreu terminaram e agora o enredo passará para a fase de montagem. A nova temporada contará com 10 episódios.

A primeira temporada estreou em outubro de 2020 e se tornou a primeira série original Globoplay de terror, sendo até comparada com Dark, obra alemã disponível na Netflix. A segunda temporada ainda não tem previsão de estreia. A plataforma de streaming não sabe se colocará os novos episódios neste ano ou deixará para 2022.

Desalma conquistou o público e ainda recebeu indicações a premiações no Brasil e exterior. A série concorreu aos prêmios da APCA, Prêmio F5, Prêmio The Brazilian Critic, Séries em Cena Awards. Porém, a produção não conseguiu vencer em nenhuma categoria.

O elenco é recheado de estrelas, como Cláudia Abreu, Cássia Kis, Maria Ribeiro, André Frateschi, Alexandra Richter e Jonas Bloch. Mas também teve a aparição de novos talentos, como Camila Botelho, Giovanni de Lorenzi, Nathália Falcão, entre outros.

História de Desalma

imagem-texto

A história de Desalma tem início com o desaparecimento da jovem Halyna (Anna Melo) em 1988, na cidade fictícia de Brígida, no Rio Grande do Sul, que foi fundada por imigrantes ucranianos. Na época em que ocorreu o desaparecimento, o município celebrava Ivana-Kupala, uma festa pagã e ligada a ritos de fertilidade.

A tragédia acabou fazendo com que a festa fosse retirada do calendário do município. Só que 30 anos depois, a tradição foi retomada e situações misteriosas voltaram a acontecer novamente. Três mulheres são marcadas por mudanças, que precisam seguir caminhos bem perigosos.

Mais Notícias