Reportar erro
Nova obra

Alcides Nogueira mira novo projeto após ter novela cancelada na Globo

Autor vai ganhar chance na emissora

Alcides Nogueira de óculos e camiseta preta
Alcides Nogueira se prepara para nova obra na Globo - Foto: Divulgação
Redação NT

Publicado em 27/09/2021 às 08:57:47

Alcides Nogueira vem trabalhando em um novo projeto para a faixa das 18h da Globo. A obra é contemporânea e a encomenda que havia recebido de Silvio de Abreu para fazer Amor com Amor Se Paga foi cancelado. O autor já havia tentando emplacar outras duas sinopses, uma adaptação de A Intrusa e outra história sobre o movimento das sufragistas.

De acordo com o jornal O Globo, contudo, os projetos não avançaram e foram engavetados. Alcides já escreveu para outras faixas, inclusive na finada 23h, quando foi o responsável pelo texto do remake de O Astro (2011), que deu a ele um Emmy Internacional. Mas agora o autor deverá ficar focado no horário para ajudar a desenvolver histórias para a audiência, inclusive podendo supervisionar projetos de autores novatos.

Como o NaTelinha noticiou recentemente, José Luiz Villamarim quanto Ricardo Waddington confiam no autor e que têm tranquilidade para entregar a faixa nas mãos de Alcides. A informação é que ele estaria empolgado com o projeto contemporâneo.

Sua última obra contemporânea no horário foi nos anos 90. Desde então, no horário das 18h, Alcides se envolveu apenas em projetos de época com Força de um Desejo (1999), Ciranda de Pedra (2008) e Tempo de Amar (2017).

A volta de Alcides Nogueira

A decisão da emissora em dar mais espaço a Alcides Nogueira é inversamente proporcional ao que vinha acontecendo com ele durante a gestão passada da dramaturgia na Globo. Pelas mãos de Silvio de Abreu, o autor aprovou apenas um projeto, o já falado Tempo de Amar, embora tenha sido produzida I Love Paraisópolis (2015), no horário das 19h, mas que já estava aprovada antes dele assumir o cargo.

Desde 2017, no entanto, o roteirista vinha sendo levado a banho maria e sem conseguir emplacar nada no canal. Ele chegou a ter um argumento aprovado para às 18h e que contaria a história das Sufragistas, mas que acabou cancelada após a apresentação da sinopse e porque se passaria em período semelhante à trama apresentada por Gilberto Braga para a faixa.

Após o cancelamento da sinopse, Silvio de Abreu encomendou para o autor uma nova história, nem tão nova assim, já que tratava-se do remake de Amor com Amor se Paga (1986), de Ivani Ribeiro e que vinha sendo tocada por ele no momento em que a emissora carioca anunciou mudança geral no entretenimento.



Mais Notícias