Reportar erro
Em baixa

Por Ibope, Globo inicia cortes em A Força do Querer e cogita nova reprise

Trama está com audiência abaixo das expectativas

Cena de A Força do Querer com Bibi Perigosa andando assustada
Novela A Força do Querer sofrerá cortes da Globo para aumentar Ibope - Foto: Reprodução
Daniel César

Publicado em 07/10/2020 às 04:26:00

A Globo começou o processo de tesoura na edição especial de A Força do Querer. A novela de Gloria Perez gerou alta expectativa nos bastidores da emissora, mas não vem conquistando os mesmos resultados de Fina Estampa, por isso passou a receber cortes nesta semana. Dessa forma, pode ser que a trama protagonizada por Juliana Paes, Ísis Valverde e Paolla Oliveira não dure o tempo que o canal planejou para colocar no ar a segunda temporada inédita de Amor de Mãe e precise escalar outra reprise.

Segundo apurou o NaTelinha, ao escolher A Força do Querer para o lugar de Fina Estampa, a intenção da direção da Globo era de que a novela de Bibi Perigosa ficasse no ar até meados de fevereiro para haver tempo hábil para as gravações de Amor de Mãe e também ter uma frente suficiente de Um Lugar ao Sol, prevista para substituir a trama de Manuela Dias. A história criada por Lícia Manzo e protagonizada por Cauã Reymond e Andreia Horta retomará as gravações em novembro, mas apenas as externas, enquanto a entrada em estúdio deve acontecer somente a partir do ano que vem.

Fontes ouvidas pela reportagem explicaram que no cronograma da Globo, a previsão era de que Amor de Mãe entrasse no ar em meados de fevereiro com uma ou duas semanas de reapresentação da primeira fase, enquanto os capítulos inéditos deverão ser exibidos a partir de março. Com isso, Um Lugar ao Sol tem previsão de estreia para o final do terceiro mês do ano que vem ou início de abril. Está tudo no papel, inclusive porque a emissora pretende até comprar vacinas do coronavírus assim que estiverem disponíveis no mercado.

Mas a prática nem sempre sai exatamente como o previsto. Para todo este planejamento funcionar era necessário que A Força do Querer tivesse uma edição bem menos ágil que aconteceu com Fina Estampa. Tanto que as duas primeiras semanas da história foram ao ar praticamente na íntegra na faixa das nove. Mas desde a última segunda-feira (05), a estratégia se modificou e os cortes passaram a acontecer, já que foram exibidos dois capítulos da versão original em apenas um.

Segundo contagem realizada pelo NaTelinha, na segunda, a história de Gloria Perez teve 47 minutos do capítulo 14 transformados em apenas 29 e 28 minutos do episódio seguinte viraram 20. Já nessa terça (06), o capítulo 16 teve seus 49 minutos originais exibidos em 29 e emendou o episódio 17 com 28 minutos, sendo que tinha 47:00 de duração.

Caso o ritmo da edição imposto nesta semana seja utilizado até o fim, A Força do Querer deve ficar no ar ainda por apenas 13 semanas, o que faria com que ela acabasse no início de janeiro. Nos bastidores existe a possibilidade de que os cortes até aumentem e que sejam exibidos até três capítulos em um só, para agilizar a trama, o que deixaria a novela ainda menor. A estratégia é para ver se a audiência reage e, caso o público volte a sintonizar na Globo no horário, a edição voltaria a ter um ritmo mais suave.

Globo queria sucesso de Fina Estampa com A Força do Querer

Por Ibope, Globo inicia cortes em A Força do Querer e cogita nova reprise

A intenção da cúpula da emissora é semelhante ao que aconteceu com Fina Estampa, embora por razões diferentes. Nas primeiras semanas em que esteve no ar como reprise, a novela de Aguinaldo Silva sofreu com a tesoura dos editores e chegou a ter três capítulos dentro de um só. Isso porque a Globo não sabia ainda por quanto tempo teria de ficar sem gravações e a expectativa era de que entre três e quatro meses seriam suficientes para retomar os trabalhos, o que acabou não acontecendo.

Com o sucesso da história protagonizada por Lília Cabral e Christiane Torloni, a tesoura sossegou e Fina Estampa passou a ter pouco mais de um capítulo original dentro da reprise. A edição especial de Fina Estampa terminou com 155 capítulos exibidos, ou seja, apenas 30 a menos que a versão original, que foi ao ar em 2011 e terminou com 185. Isso porque os números de audiência foram mais do que satisfatórios e deram tranquilidade para a direção da emissora, com a média geral de 33,6, deixando para trás mais da metade das produções do horário na década.

A Força do Querer não bomba no Ibope

Por Ibope, Globo inicia cortes em A Força do Querer e cogita nova reprise

O mesmo não vem acontecendo com A Força do Querer, que acumula 29 pontos de média nos seus primeiros 13 capítulos. A reprise está abaixo de Amor de Mãe e de novelas consideradas fracassadas no Ibope, como Velho Chico e Em Família. A versão original do folhetim, exibida em 2017, foi um sucesso com média de 35,7, a maior audiência até então desde Avenida Brasil.

A Força do Querer contou em sua primeira exibição com 172 capítulos e a intenção era de que agora tivesse pelo menos 135, mas esse número pode desabar para algo em torno de 110.

Procurada, a Globo informou que não há qualquer mudança em relação à Força do Querer, que é líder no horário, com ótimos  índices de audiência.  As primeiras e últimas semanas de todas as novelas são reexibidas na íntegra.  Já os demais capítulos são passiveis de edição, como acontece no Vale a Pena Ver de Novo e nas edições especiais já exibidas. Nenhuma das reprises, até agora, foi ao ar na íntegra. O número de capítulos necessários até a estreia de Amor de Mãe é menor do que o número de capítulos original. Portanto, haverá edição sim. E a previsão é que Amor de Mãe estreie logo após A Força do Querer.

Mais Notícias