Reportar erro
Olho no futuro

Com Silvio de Abreu e Monica Albuquerque, HBO quer ser a nova Globo

Plataforma de streaming deixou Netflix para trás em pensamento latino

Silvio de Abreu posa para foto
Silvio de Abreu foi anunciado pela HBO Max - Foto: Divulgação
Daniel César

Publicado em 31/10/2021 às 07:01:40

O anúncio de Silvio de Abreu como novo contratado da WarnerMedia, mais focado na HBO Max, plataforma de streaming do grupo, pode ter pegado muita gente de surpresa, mas foi visto nos bastidores como um recado claro da empresa para o mercado brasileiro e latino. A HBO quer ser a nova Globo e, nos corredores das produtores, todos tratam a escolha, pouco depois do anúncio de Monica Albuquerque para o comando da área, como um golaço, que deixou a Netflix para trás com o pensamento latino.

Desde que entrou no mercado brasileiro e também na América Latina, a Netflix passou anos torcendo o nariz para dois tipos de pensamento: a ideia de contratar profissionais da Globo, porque ela não queria misturar as estações e nem comparações e também para as novelas, tanto que ainda não produziu nenhuma por essas bandas. Com Silvio de Abreu e Monica Albuquerque a HBO deu o recado: ela vai investir na área e tentará usar a expertise acumulada da maior empresa do ramo no mundo.

Como o NaTelinha já mostrou, o fato de ignorar as telenovelas já custou o emprego de uma executiva na Netflix, que fez a promessa de olhar para o formato nos próximos meses e vem até com negociações importantes para o remake de Dona Beija. Mas a maior plataforma de streaming do mundo nunca deu um sinal claro de que leva a sério a intenção de fazer novelas com o 'padrão Globo de qualidade'.

HBO superou a Netflix

Com Silvio de Abreu e Monica Albuquerque, HBO quer ser a nova Globo

Neste sentido, segundo produtores falaram com a reportagem, a HBO deu um passo significativo para roubar o protagonismo da Netflix no Brasil. A chegada de Monica Albuquerque, com tudo que ela havia construído na Globo já era um passo importante para a sustentação da ideia de se produzir novelas menores e especialmente para o streaming, mas agora o caminho ganhou contornos importantes.

Silvio de Abreu não é apenas o principal executivo de dramaturgia da Globo na década passada. Ele é um dos mais importantes novelistas da história do país e dono de sucessos inquestionáveis para o mercado. Produtores consideram que a contratação dele foi um sinal claro de que as novelas terão papeis fundamentais para a plataforma, diferente do que vem fazendo a Netflix, que torce o nariz para o produto.

O próprio anúncio oficial já deixou clara a vocação do streaming no Brasil para o formato. Embora tenha chamado de 'telesérie', trata-se de novelas, ainda que com 50 capítulos. O próprio Silvio de Abreu tentou revolucionar o formato ao chamá-lo de 'superséries', quando comandava o núcleo de dramaturgia na Globo.

HBO quer ser a Globo

Com Silvio de Abreu e Monica Albuquerque, HBO quer ser a nova Globo

Contratar os dois principais executivos de conteúdo na dramaturgia da Globo foi um recado não apenas para a Netflix, mas para a própria Globo. A intenção da HBO é usar toda inteligência da dupla para produzir tramas com a mesma excelência que se vê no canal carioca desde sempre e tudo com o padrão HBO de qualidade, que não chega a ser muito diferente do que o canal brasileiro fazia.

Nos corredores de produtores muitos lembraram que o período de Silvio de Abreu à frente do departamento na Globo não foi visto com bons olhos, principalmente por tramas mais artificiais com busca por audiência. Mas todos lembram também que, enquanto autor, ele sempre foi refinado e, sem a pressão do Ibope da TV aberta, o novelista pode emprestar seus conhecimentos para produções com elevado grau de qualidade. É esperar para ver.



Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do Telegram.

Participe do grupo
Mais Notícias