Exclusivo

Vida nos EUA e cultura oriental: Por onde anda Gabriel Palhares, o Caju de Liberdade, Liberdade?

Ator adolescente retorna aos trabalhos depois de agenda interrompida por causa da pandemia da Covid-19


Gabriel Palhares hoje posado; Gabriel Palhares em cena de Liberdade Liberdade
Vida nos EUA e cultura oriental: Por onde anda Gabriel Palhares, o Caju de Liberdade, Liberdade? - Foto: Reprodução
Por Thomaz Rocha

Publicado em 23/06/2022 às 05:31:00,
atualizado em 23/06/2022 às 08:01:45

Há seis anos, Gabriel Palhares conquistou o público brasileiro ao dar vida a Caju, o menino esperto de Liberdade, Liberdade, novela das 11 da Globo. De lá pra cá, o ator, até então mirim, cresceu e aproveitou todas as oportunidades que teve depois da trama de Mário Teixeira. Hoje, aos 14 anos, o artista vem investindo alto em seu ofício como ator, que chegou até a cruzar o continente para seu mais novo trabalho.

Ao gravar o filme Partiu América, nos Estados Unidos, o artista entra em mais uma fase de sua carreira, depois de um período dedicado às novelas, e interrompido por causa da pandemia da Covid-19. Em entrevista para o NaTelinha, Gabriel revela o que anda fazendo seis anos depois que estourou em Liberdade, Liberdade. 

Dentre os trabalhos na televisão, após ficar reconhecido nacionalmente, está o papel de Nicolas em Amor de Mãe (2019), novela interrompida pela pandemia da Covid-19 por mais de um ano. Gabriel relembra o momento em que teve que se afastar do trabalho por conta do isolamento social.

"Posso dizer que esse foi um momento bem introspectivo para mim, de questionamentos do meu real propósito. Gosto de ler e sempre estar antenado com todas notícias e me vi dentro de um desafio enorme, muitas mudanças repentinas e situações que nunca vivemos. Acompanhei de perto essa reinvenção na maneira de trabalhar, vi perdas irreparáveis e senti um turbilhão de sentimentos sendo adolescente, ator e vivendo sob um governo que tenta inviabilizar as produções artísticas", afirmou.

"Me senti triste em um primeiro momento, mas procurei enxergar sobre outra perspectiva e mergulhar na alegria que arte me traz e é capaz de levar a todos."

Gabriel Palhares

Gabriel Palhares relembra Liberdade, Liberdade

Vida nos EUA e cultura oriental: Por onde anda Gabriel Palhares, o Caju de Liberdade, Liberdade?
Gabriel Palhares na pele de Caju, em Liberdade Liberdade - Foto: Reprodução

Apesar de sua prioridade de aprender novos ofícios, Gabriel tem gratidão por tudo que aprendeu ao longo dos anos, principalmente pelo reconhecimento do público por Liberdade, Liberdade.

"É muito gratificante ver que, mesmo que os anos passem você, continua sendo valorizado por um trabalho tão marcante quanto Liberdade, Liberdade. A novela me apresentou pela primeira vez a prosódia, tive que desafiar minha fala, conhecer sobre outras culturas. Além dos bastidores serem uma grande aula de história do Brasil, tive o privilégio de contracenar com grandes atores", analisou.

Longe das novelas há pouco mais de um ano, e com experiência no gênero de sobra já que esteve no elenco de seis folhetins, ele tenta descobrir novos ares.

"Quero criar meu multiverso de atuação e estudar para descobrir minhas facetas com a arte. As novelas e séries que eu fiz me levaram a muitas inspirações, mas ainda sou muito novo e quero usar todas ferramentas para minha inquietude criativa, quero experimentar tudo que arte pode me proporcionar nesse universo de possibilidades! Quero fazer streaming, teatro musical , trabalhar em outros países e quem sabe até trabalhar atrás das telas, com o meu olhar sobre o mundo", explicou.

"Passei uma temporada no Canadá durante a pandemia, aprimorando meu inglês. Acho importante também fazermos pausas e vivenciar momentos. É até uma forma de nos prepararmos para possíveis novos personagens que virão, sinto que na pandemia eu fui mais a fundo, me entreguei mais às minhas paixões. É fascinante você expressar sentimentos escrevendo, se transportar para outros universos através de desenhos, pinturas e outras culturas."

Gabriel Palhares

Novo trabalho saindo do forno

Vida nos EUA e cultura oriental: Por onde anda Gabriel Palhares, o Caju de Liberdade, Liberdade?
Gabriel Palhares ao lado de Priscila Fantin, sua colega de trabalho - Foto: Reprodução

Descendentes de japoneses, Gabriel não esconde sua paixão por conhecer a cultura oriental. O que mais chama à atenção na arte do outro lado do mundo é a relação dos seus povos com a natureza.

"Gosto muito de assistir teatro, ver bastidores de peças e musicais da Broadway, não sou ligado a games. Quando penso na minha descendência japonesa, me interesso mais sobre os ensinamentos orientais , como eles se relacionam com a natureza, com religião. Acho que cultura japonesa tem muito a ensinar ao mundo sobre respeito, regras, cooperação... É uma infinidade de aprendizados", afirmou.

Em mais um capítulo de sua história, Gabriel viajou até os Estados Unidos para gravar o filme Partiu América. No longa, ele divide cena com Priscila Fantin e Matheus Ceará, que interpretam seus pais.

"Partiu América é uma potência de comédia. Eu amo fazer cinema, a comédia brasileira tem muito da nossa cultura, das nossas alegrias e perrengues da vida real. O ritmo do filme foi a espontaneidade, e isso foi sentindo no set a todo momento, com toda a equipe. Fazer o filme foi muito especial, e gravar em outro país foi um sonho realizado, mas conhecer e conviver com os profissionais que me cercavam foi uma escola."

Gabriel Palhares
Siga a gente no Instagram

Acompanhe nosso perfil e fique por dentro das quentinhas da TV e famosos

ACESSE!
Mais Notícias
Outros Famosos