Reportar erro
Novos rumos

Mirando em reviravolta, Nego Di aposta na música: "Quero deixar um legado"

"Meu principal objetivo é esse reconhecimento, de ter minha identidade bem desenhada", almeja

Nego Di no microfone de perfil cantando
Nego Di dá pausa na carreira de humorista para se dedicar à música - Foto: Divulgação
Thiago Forato

Publicado em 09/08/2021 às 05:44:00

Depois da participação no BBB21, Nego Di agora está reconstruindo e mira uma carreira na música. Com o projeto Dream Session lançado nos últimos dias, o humorista surpreendeu até mesmo Tiaguinho e Péricles com a produção e afinação. Sempre sonhei em trabalhar com a música, tocar, escrever profissionalmente. Quero poder deixar minha marca, um legado", conta ele em entrevista exclusiva ao NaTelinha.

Segundo ele, seu sonho ficou engavetado para viver o que podia mudar sua vida de fato, que era o humor. Agora tendo condições de investir na carreira musical, seu objetivo é ficar conhecido e reconhecido por isso. "Quero gravar músicas e daqui 10, 20 anos, que as pessoas escutem, se emocionem e lembrem, saibam cantar. Assim como meus ídolos, Rodriguinho, o Exaltasamba conseguiu fazer. Quero poder fazer shows, conhecer meu país. Fazer turnês em outros países, quem sabe, mas principalmente fazer um trabalho diferente. E esse trabalho já trouxe uma identidade tanto visual quanto de áudio que não vem sendo feito por outros artistas. Meu principal objetivo é esse reconhecimento, de ter minha identidade bem desenhada", almeja.

Antes, Nego Di diz que chegou a gravar algumas músicas, mas não dava continuidade, devido a ocupações como programas de rádio, shows e filho. Só agora conseguiu fazer um trabalho mais caprichado e grandioso, com sequências. "As pessoas gostavam, mas esfriava. Não conseguia colher nenhum fruto. Nunca foquei nisso, nunca botei minha energia como botei nesse trabalho", reconhece.

O feedback positivo lhe surpreendeu, mas ressalta que se esforçou para que isso pudesse acontecer. "Tem gente acreditando que a reviravolta vem a partir desse trabalho. Então, pra mim isso foi uma surpresa muito grande. A ideia inicial do projeto era fazer um negócio como realização pessoal. O sonho de gravar um projeto legal. Na hora que vi o feedback, já comecei a me organizar para gravar o segundo, porque agora é o momento", admite.

A intenção não é deixar a carreira de humorista de lado, mas adianta que vai dar uma pausa. Ele atualmente está terminando de escrever o show intitulado 98% (porcentagem de sua eliminação no BBB21) e pretende falar sobre sua experiência no reality show da Globo. "Vou gravar esse show, fazer uma apresentação única e jogar ele no YouTube. O humor nunca vai sair, até pretendo ter um show como se fosse musical, onde possa brincar com a galera, fazer música. Tô elaborando isso ainda", entrega.

O block de Boninho em Nego Di e relação com elenco

Mirando em reviravolta, Nego Di aposta na música: \"Quero deixar um legado\"

Após a saída de Nego Di e algumas declarações polêmicas, o ex-brother foi bloqueado por Boninho nas redes sociais. "Tô bloqueado ainda. Mas não chegamos a brigar nem nada. O block acho que foi como se fosse um protesto em relação ao que vinha falando, e meu posicionamento. Houve uma espécie de reconciliação entre a emissora e eu, para que eu fosse no Dia 101. Estava decidido a não ir. Mas, não valia mais a pena carregar sentimento de mágoa ou algo do tipo. Vida que segue. Não fazia sentido todo mundo ir e eu não", relembra.

Sobre o contato o elenco, o agora cantor diz que faz parte de um grupo no WhatsApp onde troca mensagens com pouca frequência, devido a correria do dia a dia, mas mantém contato maior com Rodolffo, Caio, Viih Tube, Pocah, Karol, Lumena e Sarah. Fiuk, segundo Nego Di, o elogiou pelo seu novo trabalho, assim como todos os outros. "Não tem mais esse sentimento entre ninguém. Tá bem de boa", garante.

Questionado se ainda recebe mensagens de ódio, enfatiza que só acontece na internet. No mundo real, as pessoas o reconhecem, pedem para tirar foto e conversam. "Esse hate só acontece na rede social. E cada vez menos, mas não indo na minha rede me atacar, mas sim quando algum portal de notícia e divulga meu trabalho. As pessoas não aceitam que a vida tem que continuar, que tenho que seguir trabalhando e tal."

"Mas, é uma coisa que não me afeta como um dia já me afetou. Não tem outro caminho ao não ser o trabalho. E é isso. Não me arrependo de ter participado. Estou equilibrado de todas as formas. Principalmente psicologicamente. Pronto pra outra", encerra.

 



TAGS:
Mais Notícias
Outros Famosos