Reportar erro
Mudou de lado

Ex-apoiador, Lobão detona Bolsonaro: "Não fez nada de bom"

Músico afirmou, em entrevista, ter se afastado de quem ainda apoia o presidente

Lobão fez críticas a Jair Bolsonaro em entrevista divulgada neste sábado (3)
Lobão faz parte do grupo de artistas que rompeu com o presidente Jair Bolsonaro após as eleições - Fotos: Reprodução/Instagram
Redação NT

Publicado em 03/07/2021 às 17:07:00

Lobão votou em Jair Bolsonaro em 2018 e fez forte campanha para o atual presidente nas redes sociais há três anos. Hoje, o artista de 63 anos pede o impeachment do presidente da República. Entrevista do cantor divulgada neste sábado (3) causou grande repercussão nas redes sociais e levou o músico a se tornar um dos mais comentados do dia.

Quem é Bolsonaro hoje em dia tem uma questão de higiene moral, não consigo nem falar. Não tenho o menor tipo de aproximação. Você não precisa ser um gênio para perceber o que está acontecendo no Brasil. É um acinte, um estupro, uma violência. Bolsonaro não fez nada de bom, tudo o que ele toca vira merda, é uma virtuose na merda”, disse Lobão à BBC News Brasil.

No Twitter, ele tem compartilhado mensagens sobre as manifestações deste fim de semana, das quais não participa presencialmente porque só tomou a primeira dose da vacina contra a Covid-19. Ainda assim, dá apoio ao movimento: "Chegou uma hora em que a gente precisa tirar esse cara. Ele tem que sair de qualquer jeito".

"O simples fato de esse cara andar na rua sem máscara, tirando máscara de criança, já é motivo [para o impeachment]. Ele é o presidente da República de um país com 500 mil mortos na pandemia, e ele dá esse exemplo todos os dias na televisão. Isso já é criminoso por si só, é genocida por si só", disparou.

Ainda em entrevista à BBC News Brasil, Lobão justificou o voto em Jair Bolsonaro com o objetivo de “tirar o PT da presidência”. Crítico dos governos de Lula e Dilma Rousseff, ele afirma que os erros do atual chefe do Executivo superou os de seus antecessores. Contudo, numa disputa entre Lula e Bolsonaro, o músico se absteria.

Famosos pedem impeachment de Jair Bolsonaro

Ex-apoiador, Lobão detona Bolsonaro: \"Não fez nada de bom\"

Vários famosos foram às ruas neste sábado (3) em protestos contra o presidente Jair Bolsonaro e a favor da vacina contra a Covid-19. Nomes como Alinne Moraes, Bianca Bin, Letícia Sabatella, Rafael Infante, Sérgio Guizé, o músico Tico Santa Cruz e outros artistas foram fotografados nas manifestações, com cartazes pedindo o impeachment do chefe do Executivo.

Com alguma exceções, a classe artística tem se manifestado contrária a Bolsonaro desde a corrida eleitoral, em 2018. O repúdio ao capitão da reserva só cresceu desde o início do governo, especialmente desde o ano passado, com a pandemia da Covid-19. Falas do presidente sobre a doença tem causado revolta, a exemplo do desabafo de Leandra Leal no Altas Horas de semana passada.

 



Mais Notícias
Outros Famosos