Reportar erro
Vixi

Câmara dos Deputados pede prisão de Danilo Gentili ao STF

Apresentador é alvo de políticos após tuíte polêmico

Danilo Gentili no The Noite
Danilo Gentili enfrenta problema com político - Foto: Reprodução/SBT
Redação NT

Publicado em 02/03/2021 às 16:15:00,
atualizado em 02/03/2021 às 16:21:24

A Câmara dos Deputados, através da procuradoria parlamentar, pediu a prisão do apresentador Danilo Gentili ao Supremo Tribunal Federal (STF). No mês passado, o humorista publicou no seu perfil do Twitter uma sugestão para que a população “entrasse” no Congresso “e socasse todo deputado” favorável a PEC da imunidade parlamentar, apelidada por opositores de "PEC da impunidade".

“Eu só acreditaria que esse país tem jeito se a população entrasse agora na Câmara e socasse todo deputado que está nesse momento discutindo PEC de imunidade parlamentar”, postou o comunicador do The Noite em 25 de fevereiro deste ano. A publicação foi apagada.

A ação foi articulada pelo deputado Luis Tibé (Avante-MG) depois de um pedido do parlamentar Celso Sabino. Os dois são da base aliada do atual presidente da Casa de Leis, Arthur Lira. A petição compara a postagem de Gentili com a do deputado Daniel Silveira, preso depois que ameaçou ministros do STF.

“Não podemos ter uma sociedade e uma Democracia com pesos e duas medidas. Se o Supremo Tribunal Federal, sabiamente, estabeleceu um limite para a livre manifestação do pensamento que é o respeito à integridade das instituições democráticas - princípio que a Câmara dos Deputados acolheu com margem de 364 votos - a Justiça brasileira não pode permitir que ninguém faça a incitação de 'socar' deputados”, declarou Tibé em comunicado enviado ao jornal O Globo.

Na semana passada, Lira tentou pautar a PEC da imunidade parlamentar e isso gerou críticas entre várias pessoas anônimas e famosas. O projeto tinha como intenção proteger parlamentares perante o Judiciário.

Câmara dos Deputados pede prisão de Danilo Gentili ao STF

Danilo Gentili e seu manifesto

Na última segunda-feira (1°), sem fazer qualquer menção sobre a petição enviada pela Câmara ao STF, o apresentador afirmou que foi alvo de reclamações, no qual ele classificou como “justas”. Após a postagem, o humorista não postou mais nada em seu perfil do Twitter.

 “Eu fiz um tuíte que foi alvo de justas críticas por alguns deputados. Quem me segue sabe que sempre defendi as instituições. Aliás, minha briga com bolsonaristas foi justamente pelo fato de eu ser contrário aos pedidos criminosos de fechamento do STF e do Congresso”, publicou.

O NaTelinha entrou em contato com a assessoria de imprensa do SBT para saber o posicionamento do apresentador e da emissora, mas não obteve resposta até a publicação da reportagem. Caso o canal se manifeste, a matéria será atualizada.



Mais Notícias
Outros Famosos