Biografia

"Não deixo de manter o ritmo alucinante nas minhas novelas, pois é o que o povo quer e gosta"

  • Nome: Aguinaldo Ferreira da Silva
  • Nascimento: 07/06/1943
  • Idade: 77 anos
  • Signo: Gêmeos
  • Estado civil: Solteiro
  • Profissão: Escritor
  • País: Brasil
  • Cidade: Carpina (PE)

Aguinaldo Silva é escritor, jornalista e um dos principais autores de novela do Brasil. Começou a carreira como romancista e repórter, na década de 1960. Em meio à ditadura militar, nos anos 1970, editou O Lampião, primeiro jornal gay do país.

Estreou na Globo como um dos autores do seriado Plantão de Política (1979), em que utilizou sua experiência como repórter policial do jornal O Globo. No mesmo ano, também escreveu episódios de Malu Mulher. Em 1982, foi premiado pela minissérie Lampião e Maria Bonita, criada com Doc Comparato.

Estreou em novelas com Partido Alto (1984), escrita com Gloria Perez, e fez outras minisséries de sucesso, como Tenda dos Milagres (1985). Ainda na década de 1980, foi coautor de dois grandes sucessos, Roque Santeiro (1985, com Dias Gomes) e Vale Tudo (1988, com Gilberto Braga e Leonor Bassères), e titular de outro fenômeno, Tieta (1989, com Ana Maria Moretzsohn e Ricardo Linhares).

Seguiu escrevendo novelas para o horário nobre, quase todas marcadas por tramas regionais, realismo fantástico e grande audiência, caso de Pedra Sobre Pedra (1992), Fera Ferida (1993), A Indomada (1997) e Porto dos Milagres (2001). Em 2004, a urbana Senhora do Destino (2004) foi recordista no Ibope.

O currículo inclui outros sucessos, como Fina Estampa (2011) e a vencedora do Emmy Império (2014), além da supervisão de novelas no exterior. Em 2018, entrou no ar O Sétimo Guardião, com reivindicações de direitos autorais da equipe que participou da concepção da sinopse, além de problemas com o elenco e a audiência. Em 2020, Aguinaldo Silva não teve seu contrato renovado com a Globo.