Pegou mal

Gabriela Prioli é detonada por ironizar ausência na lista de detratores de Bolsonaro

Apresentadora se tornou um dos principais temas das redes sociais

 Gabriela Prioli é detonada por ironizar ausência na lista de detratores de Bolsonaro
Gabriela Prioli falou sobre a lista de detratores - Foto: Reprodução

Redação NT

Publicado em 02/12/2020 às 17:10:00

Gabriela Prioli, analista da CNN Brasil, se tornou um dos principais assuntos das redes sociais nesta quarta-feira (2) após postar uma série de vídeos nos stories do seu perfil do Instagram ironizando o fato de não fazer parte da lista de detratores do presidente Jair Bolsonaro, onde estão presentes nomes como Felipe Neto e Rachel Sheherazade. O posicionamento da advogada não foi bem visto pelos internautas, que fizeram criticas a ela.

continua depois da publicidade

“Estou aqui indignada que não estou na lista dos detratores. Se bem que depois eu fiquei pensando que todas as chamadas daqui em diante tem que me chamar de loira misteriosa porque eu sou um enigma, ninguém consegue me decifrar”, afirmou Gabriela.

“Eu tô fazendo brincadeira, mas tem um pouquinho de frustração, né? Porque, assim, eu teria um lugar pra chamar de meu. Atribuído por terceiros? Sim, atribuídos por terceiros, mas a minha vida não é isso? Eu fico sendo lançada pra lá [direita] e pra cá [esquerda]. Então talvez fosse melhor ter um lugar fixo? Fica aí a pergunta”, acrescentou.

continua depois da publicidade

O posicionamento não agradou os internautas, que passaram a criticá-la. A ala mais ligada ao presidente Jair Bolsonaro a acusou de ser “esquerdista” e que “faz tudo para aparecer”. Já perfis com ideologia de esquerda a criticaram por não ter um posicionamento mais firme contra políticas liberais.

“A pior coisa que aconteceu no mundo foi a gente acreditar que a Prioli era um exemplo da esquerda brasileira’, disparou um usuário. “A Gabriela Prioli é biscoteira. Se escorou nos progressistas e agora vende curso de liberalismo. Patética”, disparou uma segunda pessoa.

continua depois da publicidade

“Conheci a Prioli tomando surra nos debates contra o Caio Coppolla. Agora tenta ficar amiguinha dos esquerdopatas querendo ser opositora ao presidente Bolsonaro. Tadinha”, disse um terceiro perfil. “Essa Gabriela Prioli é a cara da esquerda: vive no mundo da fantasia”, comentou outro internauta.

Segundo informações reveladas pela reportagem de Rubens Valente, do UOL, o governo teria um documento intitulado Mapa de influenciadores, produzido pela empresa BR+ Comunicação. Esse trabalho analisou postagens sobre o Ministério da Economia e o ministro Paulo Guedes durante maio deste ano.

continua depois da publicidade

O relatório teria classificado os profissionais em três grupos: os detratores, no qual Felipe Neto, Guga Chacra, Vera Magalhães, Rachel Sheherazade, Xico Sá e outros 46 nomes fazem parte, os neutros informativos, que contam com Cristiana Lôbo e outros sete profissionais, e os favoráveis, que possui na lista Milton Neves, Rodrigo Constantino e outros 22 influenciadores.

Confira a repercussão:

continua depois da publicidade

Gabriela Prioli e seu sucesso

No começo do ano, Gabriela Prioli participou dos debates da CNN Brasil e ficou famosa pelos seus posicionamentos contrários ao de Caio Coppolla. Após entrar em conflito com o apresentador Reinaldo Gottino, deixou a atração e foi promovida para o cargo de apresentadora.

Atualmente, ela comanda o CNN Tonight e continua fazendo comentários sobre diversos assuntos nas redes sociais. Recentemente, polemizou ao citar o ex-presidente Lula ao analisar o “estupro culposo”.

continua depois da publicidade