Melhoras

Após Covid-19, Cauan conta se voltou a cantar: "Fisioterapias muito severas"

Sertanejo está melhorando depois de ficar internado

Após Covid-19, Cauan conta se voltou a cantar:
Cauan gravou vídeo - Foto: Reprodução/Instagram

Publicado em 25/09/2020 às 15:25:12

Por: Redação NT

O cantor Cauan, da dupla com Cleber, compartilhou nesta sexta-feira (25) com os seus seguidores do Instagram que está evoluindo após ficar internado por causa do novo coronavírus. O sertanejo esteve na UTI e chegou a ter 70% da atividade pulmonar comprometida.

O músico gravou stories e os fãs perguntaram se ele estava conseguindo cantar novamente. “Graças a Deus, já estou conseguindo cantar quase normal, quase 100%. Fiz fisioterapias muito severas que me ajudaram e tem me ajudado muito”, explicou o artista. “Foi uma sensação de vitória ser curado do coronavírus, mas a vitória só se tornaria completa quando meus pais saíssem do hospital”, acrescentou.

Cauan ficou 14 dias internado em um hospital em Goiânia após ser diagnosticado com coronavírus. Além disso, os pais dele também testaram positivo para doença e precisaram ser hospitalizados. João Luiz Máximo ficou em estado grave e preocupou toda a família na época.

Logo no início da pandemia, o cantor zombou da doença e o vídeo passou a circular nas redes sociais durante a internação dele. “Peita em nós coronavírus, peita, vem em nós", disse o sertanejo na gravação. Um amigo aparece concordando: “Aqui não, aqui nós não pega o vírus não, a viola vai comer”.

Cauan pediu desculpas

Com a repercussão do vídeo e o susto de ter ficado em estado grave, Cauan se pronunciou e se desculpou pelo seu posicionamento no passado. “Eu me arrependo. Aquilo foi uma infelicidade muito grande. Uma ignorância que eu paguei caro. Eu quero pedir desculpas mesmo e me retratar, me retratar como? Pedindo que as pessoas deem a importância que a doença merece, a importância que a Covid merece”, desabafou em entrevista ao Fantástico no final de agosto.

“Infelizmente, cometi vários erros nessa pandemia [...]. Por exemplo, meus pais estavam isolados já há cinco meses e, Dia dos Pais, eu estive com eles. E você exagera ali na emoção. Eu acredito que a gente tenha excedido um pouco. Num vacilo, eu transmiti pro meu pai. Minha mãe foi contaminada a posteriormente, porque meu pai passou para ela. Então, o isolamento é essencial”, completou.


Siga o NaTelinha nas redes sociais

Reportar erro

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!