Sandro Nascimento
Reportar erro
Exclusivo

SBT escala A Usurpadora à noite e piora clima no Ratinho

Ratinho enfrenta crise no Ibope e atrapalha grade noturna do SBT

Ratinho, vestindo paletó azul, no palco do seu programa no SBT
Ratinho comanda seu programa no SBT desde 1998 - Foto: Reprodução/SBT
Sandro Nascimento

Publicado em 01/10/2021 às 04:00:00,
atualizado em 01/10/2021 às 09:13:51

O SBT decidiu estrear o remake de A Usurpadora na próxima quarta-feira (06), às 21h30, e durante os 25 capítulos que serão exibidos da trama mexicana, os diretores da emissora irão testar o desempenho da produção da Televisa na faixa nobre que vem capengando no Ibope com o Programa do Ratinho. Na equipe da atração de Carlos Massa, o sinal de alerta foi ligado e cresce o temor sobre o futuro do programa na grade diária do canal.

Na última quarta (29), a audiência do Ratinho chegou bater 3,8 pontos na Grande São Paulo, de acordo com aferição da Kantar Ibope e obtida pela coluna por terceiros. Com esse número, a atração ficou em terceiro lugar e longe dos 9,3 de média de A Fazenda na Record. Na sexta (24), o programa voltou a marcar baixo desempenho e atingiu 4,3 pontos. O Show do Milhão, atração que sucede o roedor na grade do SBT, foi prejudicado e marcou 5 pontos.

No geral, de 23 a 29 de setembro, ou seja, nos últimos cinco programas, Ratinho deu média de 5,2 para o SBT. Um cenário bem diferente do que atingia há cerca de dois anos, quando a atração marcava em torno de 10 pontos, assegurava o segundo lugar contra a Record e cumpria a missão de alavancar o Ibope do SBT no horário nobre.

A baixa audiência de Ratinho vem derrubando toda a grade noturna do canal paulista. Além do Show Milhão, A Praça é Nossa e o The Noite não exibem o mesmo desempenho na audiência.

SBT tenta salvar grade noturna e o Ratinho 

Para tentar estancar a audiência baixa no horário nobre, o SBT optou em testar a nova versão da trama das irmãs gêmeas Paola e Paulina na faixa, numa tentativa de entregar em alta para Ratinho. Porém, na última terça-feira (28), exibindo o jogo Atlético-MG x Palmeiras pela Libertadores, a atração recebeu com 19 pontos e em oito minutos caiu para 7,0. A partida de futebol era líder de audiência e bateu The Masked Singer no confronto direto. Na média geral, o Programa do Ratinho fechou com 6,1 de média.

Se A Usurpadora for bem durante sua exibição, de acordo com apurado pelo NaTelinha, não está descartado fixar uma nova faixa para novelas internacionais na grade do SBT.

Ratinho vem tentando reverter seu momento difícil no Ibope desde o início de 2021. Em fevereiro, o apresentador demitiu o diretor Walter Scaramuzzi e contratou Cezar Scarpato para o cargo. O programa teve ajustes no cenário e passou a exibir novos quadros. Mas nenhuma mudança teve reflexo até o momento. O clima dentro da produção, conforme fontes à reportagem, não atravessa o melhor momento e piorou com o receio do êxito da mexicana no horário, que hoje é ocupada, em partes, pelo apresentador.

Dentro do SBT, buscam-se explicações para a queda de Ratinho, que vai desde o formato que possa estar desgastado ou que seu alinhamento ideológico com o presidente Jair Bolsonaro e interesses na política possam fomentar uma rejeição entre o público da emissora. Hoje, no SBT, Ratinho é o principal militante do presidente.

Confira chamada de A Usurpadora:



NaTelinha no Google News

Acompanhe as exclusivas da televisão, resumos das novelas, as bombas dos famosos, realitys e muito mais na palma da mão.

Siga-nos