Reunião de condomínio

A Fazenda 2020: Peões discutem sobre punições em dia de festa

Carol Narizinho diz colegas de confinamento tem que cuidar uns dos outros

A Fazenda 2020: Peões discutem sobre punições em dia de festa
Carol Narizinho participa de reunião com peões para discutir punições. Reprodução PlayPlus

Publicado em 25/09/2020 às 16:27:00 ,
atualizado em 25/09/2020 às 16:44:34

Por: Redação NT

Hoje é sexta-feira e é dia de festa em A Fazenda 2020. Na tarde de hoje (25), parte dos peões se reuniu na cozinha para discutir sobre as punições que eles podem receber durante a balada. A fazendeira da semana, Carol Narizinho, adotou um tom compreensivo sobre as possíveis sanções em virtude do excesso de álcool. Já Jakelyne Oliveira e Mateus Carrieri alegaram que a bebida não justifica o descumprimento das regras.

“Gente, é o seguinte, todas as punições que nós tomamos até agora não foram punições planejadas, foram punições que aconteceram. Quando acontece uma punição sem planejamento, cara, todo mundo vai sofrer. Beleza, mas é aceitável. Agora, no meu ponto de vista, não tem lógica a gente falar ‘vai tomar punição’”, disse Jake em referência à comemoração de Narizinho quando ganhou a prova do fazendeiro.

A ex-panicat respondeu à ex-miss: “Punições às vezes acontecem”. E Jake continuou o discurso: “Vai ter punição, sexta-feira sempre tem punição”. “Acho que a gente tem que cuidar um do outro para não ter punição. Vamos se comportar, se policiar todo mundo”, emendou Carol Narizinho.

Peões debatem sobre punições nas festas de A Fazenda 2020

Mateus interrompeu e falou para os peões que é possível todo mundo beber, se divertir e não descumprir as regras. “Toma cuidado com as roupas”, aconselhou o ex-Casa dos Artistas, que foi interrompido pelos colegas. “Um de cada vez”, gritou Narizinho.

“O que costuma dar punição: trazer coisa de lá [festa]. Então, sabe que não é para trazer nem comida, nem bebida de lá. Nada! Não traz”, concluiu Mateus. “Acho que a gente podendo evitar isso, sabendo que a gente causou, ficar dois dias sem carne é punk”, comentou Tays Reis.

A conversa, no entanto, terminou sem conclusão. Os peões puxaram o pagode Deixa Acontecer Naturalmente, do grupo Revelação. Será que vai ter punição?


Siga o NaTelinha nas redes sociais

Reportar erro

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!