Cara e Coragem

Globo inaugura nova faixa de novelas na madrugada

A emissora quer atingir o público que não assiste a programação no horário convencional


Paulo Lessa, Taís Araújo, Paolla Oliveira e Marcelo Serrado posando juntos para foto
Paulo Lessa, Taís Araújo, Paolla Oliveira e Marcelo Serrado, protagonistas de Cara e Coragem - Sergio Zalis/TV Globo
Por Jéssica Alexandrino

Publicado em 26/05/2022 às 16:04:55,
atualizado em 26/05/2022 às 16:31:02

A Globo vai abrir uma nova faixa para novelas em sua programação da madrugada. O feito, que é algo inédito na emissora carioca, terá início com Cara e Coragem, novela das sete que estreia na próxima segunda-feira (30). De acordo com informações da colunista Patrícia Kogut, do Jornal O Globo, o folhetim será reprisado de segunda à sexta-feira, logo após o Conversa com Bial. Já aos sábados, após o Supercine.

A intenção do canal com essa estratégia é fisgar o público que não consegue assistir a trama no horário convencional, principalmente os jovens, que representam um terço dos televisores ligados na Globo nessa faixa.

Cara e Coragem, escrita por Claudia Souto e protagonizada por Taís Araújo, Paolla OliveiraMarcelo Serrado e Paulo Lessa, reúne ingredientes considerados atraentes para esse grupo de espectadores, como dublês, parkour e dança vertical.

Cara e Coragem, nova novela da Globo, mistura romance, ação, mistérios e aventuras

Globo inaugura nova faixa de novelas na madrugada
Pat (Paolla Oliveira) e Moa (Marcelo Serrado) em ação em Cara e Coragem - Divulgação/TV Globo

Cara e Coragem, nova aposta da Globo para o horário das sete, vai convidar o público a acompanhar histórias recheadas de aventura, muita coragem e emoção vividas por Pat (Paolla Oliveira) e Moa (Marcelo Serrado), dois dublês de profissão, e pela empresária Clarice Gusmão (Taís Araújo).

“O universo da novela é dos dublês, mas a temática é da coragem em todos os campos das nossas vidas. Desde a micro coragem, como romper uma relação na sua vida particular, a coragem para mudar de emprego; até a macro coragem que é fazer do risco a sua profissão, no caso dos dublês”, conceituou a autora Claudia Souto, em entrevista ao Gshow, portal de entretenimento da Globo.

Os personagens precisarão de coragem para mudar, para fugir da zona de conforto, para lutar, persistir e encarar os próprios medos. “É uma comédia romântica de ação. Assim como o dublê é a outra face do ator, os personagens da história também têm dois lados”, completou a diretora artística Natalia Grimberg.

Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do Telegram.

Participe do grupo
Mais Notícias