Exclusivo

Golpista em Cara e Coragem, Kiko Mascarenhas conheceu farsante que queria amigos famosos

O ator terá vida dupla na nova novela das sete da Globo


Kiko Mascarenhas de terno e camisa verdes, sorrindo e posando para foto
Kiko Mascarenhas caracterizado como Bob Wright - João Miguel Júnior/TV Globo
Por Jéssica Alexandrino

Publicado em 25/04/2022 às 05:45:00,
atualizado em 25/04/2022 às 09:15:41

Kiko Mascarenhas terá vida dupla em Cara e Coragem, nova novela das sete, que tem estreia prevista para 30 de maio, na Globo. Na trama de Claudia Souto, o ator viverá Duarte, um faz-tudo da companhia de dança vertical que finge ser o rico americano Bob Wright para desfrutar das festas e das altas rodas cariocas. Em entrevista ao NaTelinha, ele conta que já se deparou com um farsante assim na vida real. "Existem muitos ‘Duartes’ por aí… Golpistas não faltam nesse mundo, né? Conheci um, certa ocasião, que se dizia um grande empresário e que estava disposto a patrocinar projetos culturais. Descobri depois que era só alguém que queria atenção e estar próximo de artistas e celebridades", lembra.

Apesar de admitir que precisa ser muito cara-de-pau para sustentar uma mentira dessas, Kiko diz que o personagem é um golpista do bem. "Ele só quer aproveitar as coisas boas da vida porque não suporta a vida simples que leva. Por isso ele se apresenta à elite carioca como um herdeiro americano milionário: para poder ter acesso aos luxos, frequentar festas, comer e beber do bom e do melhor, conhecer pessoas influentes. Ele acredita ser uma ‘brincadeira inocente’. Será tão inocente assim?", questiona, adiantando o que pode vir no desenrolar da história.

"Todo impostor tem medo de ser desmascarado, né? Com Duarte isso está sempre para acontecer, mas, na hora ‘H’, de uma maneira ou de outra, ele se safa. Essa é uma das brincadeiras que a autora arma ao longo da trama", avisa, apostando nas confusões.

"O que posso adiantar é que Duarte vai cada vez mais se transformando em Bob Wright e isso só faz aumentar a diversão."

A amiga e cúmplice Jéssica (Jeniffer Nascimento) é a única que conhece o segredo dele e sua vida dupla. Para não ter sua identidade revelada para os amigos Gustavo (Marcello Vale) e Teca (Raquel Rocha), ele aceita virar ‘laranja’ de Danilo (Ricardo Pereira), que vai desconfiar do ‘americano’ assim que o conhece. Muitas vezes Jéssica fará o papel de motorista particular de Bob Wright, como uma espécie de extra, já que ela trabalha na agência de locação de carros do tio e ‘pega emprestado’ os possantes que são alugados para as noivas para que o falso ricaço circule por aí sem levantar suspeitas.

"Ser parceiro da Jeniffer é uma alegria! Não nos conhecíamos antes de começar a novela e a conexão foi imediata. Nos divertimos muito dentro e fora de cena. Jeniffer é uma colega querida e muito, muito talentosa! Que sorte a minha", vibra, elogiando a companheira de elenco.

Kiko Mascarenhas admite que ficou com medo de não dar conta de fazer dois personagens em Cara e Coragem

Golpista em Cara e Coragem, Kiko Mascarenhas conheceu farsante que queria amigos famosos
Kiko Mascarenhas em clique publicado nas redes sociais - Reprodução/Instagram

Kiko Mascarenhas assume que a nova trama das sete exigiu dele uma maleabilidade maior, por conta da dupla personalidade de Duarte. "Nunca havia feito dois personagens simultaneamente na TV. Num primeiro momento, fiquei animado com esse desafio, depois bateu uma certa insegurança: 'será que vou dar conta?'", revela. "O fato é que, agora, fazer esses personagens é uma grande diversão e vejo como uma belíssima oportunidade de divertir o público da novela. Torço por isso", completa ele.

O ator ainda conta de onde buscou referências para ajudar na construção do farsante. "Assisti O Talentoso Ripley e o seriado Inventando Anna, mas minha inspiração, principalmente para construir o sotaque “gringo” de Bob Wright, se deu pela observação. Tive algumas aulas de inglês com professores nativos e me inspirei na forma como eles falam o português", diz o carioca, cuja última novela foi Éramos Seis (2019-2020).

Perguntado se acha que conseguiria sustentar uma mentira assim por tanto tempo, Kiko é categórico. "Não. Já dá muito trabalho ser quem eu sou, imagina tentando ser quem eu não sou! Já passo muito tempo mergulhado em ficções… Gosto de gente que se mostra sem medo de ser o que é", argumenta ele, que torce para ter gravações em Paquetá, ilha do Rio de Janeiro, na qual Duarte mora.

"Estive lá uma única vez, com uma turma de amigos, na adolescência. Fomos passar o dia, fizemos piquenique… Mas isso já tem décadas! Ainda não voltei a Paquetá. Espero ter cenas gravadas na ilha, para relembrar desse passeio", finaliza.

Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Participe do grupo
Mais Notícias