O início de tudo

Negativa de Silvio Santos foi embrião para o surgimento da RedeTV!

Homero Salles narra com detalhes como RedeTV! nasceu no final dos anos 90


Silvio Santos e Marcelo de Carvalho
Silvio Santos e Marcelo de Carvalho juntos; dono do SBT "ajudou" criação da RedeTV! - Foto: Divulgação/SBT
Por Redação NT

Publicado em 07/04/2022 às 11:39:03,
atualizado em 07/04/2022 às 11:44:50

"Dois empresários bem-sucedidos que se juntaram para implantar uma das mais rentáveis ideias de comercialização de espaço televisivo na TV brasileira... O famoso 0900...". Foi assim que Homero Salles recordou com detalhes o surgimento de um mecanismo altamente lucrativo para as emissoras nos anos 90 e o surgimento da RedeTV!, a partir de uma negativa de Silvio Santos. A história foi postada na rede social Linkedin na manhã desta quinta-feira (7).

Ex-diretor de Gugu Liberato (1959-2019), Homero falou do tempo que Amilcare Dallevo, então engenheiro no campo de TI, e Marcelo de Carvalho, engenheiro diplomado em Química, dominavam os serviços de premiação por ligações telefônicas com presença em programas populares de vários canais no Brasil.

Em 1997, quando o profissional já estava há duas décadas no SBT e se encontrava dirigindo o Domingo Legal com salário em alta, participava também da GPM, uma das empresas de Gugu e fazia reuniões para implantação de novos negócios. "Numa dessas reuniões conheci a dupla [Marcelo e Amilcare], que viria a se tornar, no futuro, donos da RedeTV!", narra.

A proposta que apresentaram para a GPM consistia em implantar no programa um sorteio por meio das ligações para o prefixo 0900, que habilitaria o telespectador a concorrer prêmios como carros, motos, etc. "Fizemos o primeiro programa e foi um sucesso. Ultrapassamos 400 mil ligações a R$ 3 cada... Lembrando que os valores eram de 1997 (façam as contas e atualizem para os dias de hoje)."

A frustração que Silvio Santos causou em Homero Salles

Negativa de Silvio Santos foi embrião para o surgimento da RedeTV!

Aos domingos, dirigia Gugu no Domingo Legal e nas manhãs de segunda-feira, um dos programas de Silvio Santos. "Fui trabalhar, meio de ressaca ainda pela comemoração da noite anterior, no meio da gravação o Silvio pediu que fosse ao seu camarim, falar com ele... Não causava surpresa, pois era normal o Silvio passar instruções ou fazer comentários sobre os programas, tanto os dele como os do Gugu que eu dirigia", relembrou.

"O que ele me disse ao iniciar a conversa fez meu mundo desabar, perdi o chão e vi o meu almejado saco de dinheiro bater suas asas douradas para bem longe de mim... me disse que assistiu o Gugu no dia anterior e tinha visto a promoção 0900... e que ela deveria cessar imediatamente , pois ele ia lançar o GOL SHOW também pelo telefone e só poderia ter um numero telefônico aos domingo e blá-blá-blá e mais blá-blá-blá...meus olhos começaram a marejar, minha boca secou, a voz emudeceu e muito abalado saí trôpego do camarim."

Logo depois, Homero disse que contou tudo a Gugu e que ele também ficou perplexo. "Fulo da vida", descreveu. "Se eu ia ganhar um saco alado de dinheiro, imaginem 'ele' que ia ganhar um ganhar um 'balão estratosférico' de comissionamento pelas ações... Me pediu então que fosse ao escritório do Amilcare, contar a conversa do SS [Silvio Santos] e ver qual seria sua reação", continuou. A seguir, a reviravolta.

"Foi péssima... num primeiro momento ameaçou denunciar o contrato na justiça, mas foi dissuadido dessa ideia, por telefone, pelo Guilherme Stoliar, (diretor da holding) que sabiamente o lembrou que eles tinham sob contrato, também os programas A Praça é Nossa e programa da Hebe...e que não convinha brigar com o SS e perder dois pássaros na mão, por um voando...
E então o improvável, incrível, surreal, aconteceu."

Homero afirmou que sem troca uma palavra com ele, Amilcare simplesmente apertou o intercomunicador e pediu a sua secretária que ligasse para Jackito, Pedro Jack Kapeller, sobrinho de Afolfo Bloch, e perguntou quanto queria para ceder os domingos das 12h às 18h para um programa de prêmios. "Nessa hora eu estava com meu queixo caído até a a altura dos meus pés. Não escutei direito o restante da conversa", espantou-se.

O desfecho

imagem-texto

Depois da ligação, Amilcare fez uma oferta dobrando seu salário no SBT mais comissões atreladas às metas. Um programa de seis horas foi formatado dividido em três segmentos, triplicando a audiência da TV Manchete. "A mosca azul já havia picado a dupla Amilcare Dallevo/Marcelo de Carvalho", relembrou.

No entanto, no final da "festa" do 0900, a ideia de comprar a Manchete já embalava o sonho dos empresários. "A surpresa foi o encantamento do Amilcare, que empresarialmente estava voltando à informática, também ter abraçado com o Show Business com tanta garra."

"Assim que foi decretada a falência da Manchete, a proposta de compra, assumindo o passivo, já estava no Ministério das Comunicações", frisou Homero.

"Finalizando, ressalto uma curiosidade: Silvio Santos declarou inúmeras vezes que só comprou uma televisão porque a Globo não deixou ele continuar com seu programa dominical... Perceberam que se ele, Silvio, tivesse deixado Amilcare/Marcelo fazerem as ações de 0900 no programa do Gugu, talvez a RedeTV! não existisse?", refletiu. Confira a história completa aqui.

Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do Telegram.

Participe do grupo
Mais Notícias