Indiciado!

Homem que atacou equipe de reportagem da Globo é identificado

Suspeito foi localizado e interrogado pela Polícia Civil de São Paulo


Suspeito  andando na rua com cachorro e corrente na mão
Homem que atacou equipe de reportagem da Globo é identificado - Foto: Reprodução

A Polícia Civil de São Paulo identificou o homem que atacou a equipe de reportagem da Globo em São Paulo. Adriano Ferreira de Queiroz, de 33 anos, foi indiciado por lesão corporal grave e injúria, após ter agredido os funcionários da emissora no bairro do Brás, na capital paulista, início de março.

Com os crimes, o rapaz pode pegar até seis anos de detenção. O suspeito foi localizado pela polícia nesta segunda-feira (21) e levado para a delegacia para ser interrogado. O processo ainda corre na Justiça nas próximas semanas.

Dia 2 de março, o repórter Renato Biazzi estava com o cinegrafista Ronaldo de Souza no local conhecido como Feira da Madrugada (atual Circuito de Compras), na região Central de São Paulo, gravando uma matéria sobre a situação da área, quando Adriano apareceu com um cachorro amarrado a uma corrente.

O homem se aproximou da equipe e começou a agredir verbalmente os funcionários do canal. O rapaz usou a corrente para atacar os repórter e um deles, o Ronaldo, foi atingido na mão. Após a agressão, o cinegrafista teve que passar por uma cirurgia, mas já está bem.

Não há informações sobre a razão que motivou a violência contra a equipe de TV, a não ser a tentativa de impedir o trabalho da imprensa.

Homem que atacou equipe de reportagem da Globo é identificadoSuspeito de agredir equipe da Globo com corrente na mão. Foto: Reprodução/TV Globo

Repórter da Globo é agredido durante reportagem por apoiador de Jair Bolsonaro

Vale lembrar que nos últimos anos, repórteres da Globo vem sofrendo agressões enquanto gravavam ou entravam ao vivo em um jornal. Em outubro, Leandro Matoso, cinegrafista da emissora, foi atacado por um apoiador de Jair Bolsonaro, enquanto ele estava trabalhando na cobertura jornalística do Dia de Nossa Senhora de Aparecida. O Jornal Nacional chegou até a mostrar o caso e repudiar a violência contra seu funcionário.

Siga a gente no Instagram

Acompanhe nosso perfil e fique por dentro das quentinhas da TV e famosos

ACESSE!
Mais Notícias