Reportar erro
Desrespeito

Repórter da Globo é agredido por bolsonarista e JN repudia ataque

Apoiador de Bolsonaro atacou funcionário da emissora enquanto trabalhava

William Bonner sério durante o Jornal Nacional
Repórter da Globo é agredido por bolsonarista e JN repudia ataque - Foto: Reprodução
Redação NT

Publicado em 13/10/2021 às 21:19:23,
atualizado em 13/10/2021 às 21:32:22

Durante o Jornal Nacional desta quarta-feira (13), Renata Vasconcellos noticiou a agressão ao repórter cinematográfico da Globo, Leandro Matoso, por um apoiador de Jair Bolsonaro, enquanto ele estava trabalhando na cobertura jornalística do Dia de Nossa Senhora de Aparecida. O episódio ocorreu nesta terça-feira (12), na cidade de Aparecida, no interior de São Paulo. O profissional procurou uma delegacia de polícia para registrar a ocorrência.

"Neste feriado de 12 de outubro, o repórter cinematográfico da Globo, Leandro Matoso, foi agredido no momento em que trabalhava na cobertura jornalística do Dia de Nossa Senhora Aparecida, nas imediações da Basílica de Aparecida. Ele e o repórter Victor Ferreira foram ameaçados por apoiador de Jair Bolsonaro", disse.

"Enquanto Victor procurava ajuda policial, o homem identificado como Gustavo Milsoni atacou Leandro fisicamente. O agressor foi conduzido para o posto da Polícia Militar. Em seguida, policiais levaram de volta ao local da agressão onde foi liberado. Hoje, o caso foi registrado numa delegacia da Polícia Civil, que vai levar a investigação diante", informou.

Na sequência, William Bonner leu uma nota da Globo sobre o ocorrido. No texto, a emissora repudia o ataque feito por apoiador de Bolsonaro e se solidarizou com o funcionário.

"A Globo repudia a agressão sofrida por Leandro Matoso, profissional exemplar, e se solidariza com ele. (A Globo) está tomando as providências legais para apoiá-lo e informa que, nesses casos, segue sempre protocolo para garantir a segurança de seus jornalistas. A Globo continua a fazer um jornalismo de qualidade que a caracteriza, com independência e correção", leu Bonner.

Assista:

Bolsonaristas atacam a Globo por cobertura das manifestações

Apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) não se conformam com o tratamento dado às manifestações a favor do mandatário do país pelo Grupo Globo, em setembro. Em canal aberto e fechado, a emissora afirmou que Bolsonaro teve discursos antidemocráticos.

No Jornal Nacional, William Bonner cravou que o presidente usou "tom golpista" em seu discurso na Avenida Paulista, em São Paulo. Bolsonaristas discordam. "Incrível como as máscaras caem. Hoje a Rede Globo age exatamente como se fosse uma TV estatal cubana distorcendo a verdade. É tanta mentira que só assistem quem se conformou ser totalmente alienado", disparou um internauta intitulado de Reagan Pistola.



Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Participe do grupo
Mais Notícias