Pressão alta

Marcão do Povo abandona jornal do SBT ao vivo após passar mal; assista

Jornalista foi substituido por Dudu Camargo


Marcão do Povo apresentando telejornal
Marcão do Povo abandona jornal do SBT ao vivo após passar mal - Foto: Reprodução
Por Redação NT

Publicado em 31/01/2022 às 11:30:05,
atualizado em 31/01/2022 às 12:16:07

O apresentador Marcão do Povo passou mal ao vivo, na manhã desta segunda-feira (31), e deu um susto em sua equipe do SBT. O jornalista teve uma crise de pressão alta e teve que deixar o comando do Primeiro Impacto para ser atendido pelos bombeiros de plantão. A informação é do TV Pop e confirmada pelo NaTelinha. Por conta do incidente, Dudu Carmago foi acionado às pressas e apresentou o telejornal. 

Ainda de acordo com o site, o apresentador já chegou aos estúdios da emissora informando sobre seu problema de saúde. Apesar do aviso, ele insistiu e entrou no ar normalmente, mas logo no início de programa se sentiu mal e, com a voz tremula, pediu para seu microfone fosse cortado pela equipe do Primeiro Impacto. "Fecha meu microfone por favor", disse. Sem forças para ficar de pé e precisou abandonar o programa.

Dudu Camargo, que estava de sobreaviso na redação do SBT, foi avisado pelo próprio colega que ele talvez não conseguisse comandar todo o telejornal. A substituição emergencial passou despercebida pelos telespectadores, já que o pupilo de Silvio Santos seguiu na linha de raciocínio que estava sendo noticiada por Marcão. O assessoria do SBT informou que Marcão do Povo tem um problema de pressão.

Assista o momento da substituição de Marcão do Povo no Primeiro Impacto: 

Equipe de Datena é agredida ao vivo na porta de delegacia

Durante o Brasil Urgente da última quinta-feira (27), a equipe de reportagem do programa foi agredida ao vivo na porta da delegacia. José Luiz Datena conversava com a repórter Giovanna de Boer, que cobria a prisão de um fazendeiro por maus-tratos a animais. Ao perguntar ao suspeito se ele cometeu o crime mencionado, o homem empurrou o microfone da jornalista. O tapa foi tão forte que a espuma que protegia o equipamento caiu. Segundos depois, ao refazer o questionamento, ela foi agredida novamente.

"Datena, a gente acaba de sofrer uma agressão aqui. Ele acabou de atirar nosso microfone", disse a repórter, firme ao noticiar o fato. Datena reagiu na hora: "Eu registraria uma agressão contra esse cara.... Outra agressão. Ele cometeu um crime agora aí. Esse vagabundo, esse canalha...", afirmou Datena. Minutos depois, ao entrevistar a delegada Ivalda Aleixo, o âncora desabafou sobre as agressões.

Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Participe do grupo
Mais Notícias