Reportar
erro
Exclusivo

Após demissão da Record, Bruno Peruka planeja volta à TV: "Preciso trabalhar"

Apresentador do Balanço Geral SP foi dispensado e diz que está conversando com algumas emissoras


Bruno Peruka com o logo do Balanço Geral Manhã ao fundo
Bruno Peruka deixou a Record em 2021 e busca nova oportunidade na TV - Divulgação/Record
Por Sandro Nascimento, com Marcela Ribeiro

Publicado em 19/01/2022 às 05:39:00

Demitido da Record em outubro do ano passado, Bruno Peruka, ex-apresentador do Balanço Geral SP, da Record, conversou com o NaTelinha sobre esse período longe das câmeras e disse que busca uma nova oportunidade para voltar à TV.

"Graças a Deus que as pessoas sentem falta. Estou em São Paulo ainda. Eu era do Paraná, minha família toda morava lá, comecei a conversar com três TVs de São Paulo. Uma não falou mais nada, as outras duas estão aí, no Paraná comecei a conversar com outras duas, mas não acertei nada com ninguém ainda. O que sei é que se eu não acertar nada nos próximos dias aí, vou para o Paraná", contou.

"Eu preciso trabalhar, em São Paulo ou no Paraná, não posso ficar parado. Tenho contas para pagar, família para criar. Apareceu aqui ou em outra região do Brasil, eu vou".

Peruka lembra que foi surpreendido com a demissão e a princípio foi tirado do comando do Balanço Geral  Manhã sem grandes explicações. Ele ainda tentou entender o motivo de sua dispensa, mas não teve respostas muito esclarecedoras.

"Você não espera que vai ser mandado embora e vai sair do trabalho. O cara que espera, é o que vem fazendo coisa errada, né? Eu não, pelo contrário, sempre tive ali de segunda a sábado, nunca tive nenhum problema. Não achei que a Record fosse me dispensar. Só que aí, o que ela fez, 'vamos fazer uma mudança aqui, aguenta um pouquinho' depois falaram, 'não tem nada aqui, e a gente agradece, vamos mandar você embora'. Tava registrado lá, não tinha contrato", explica ele, que diz não sentir mágoa, mas deixa no ar que não entende o motivo da demissão ainda.

"Fazer o quê? Se a Record não quer, não tem espaço, só tenho que agradecer, não posso falar mal da Record, minha história começou ali em São Paulo, aprendi muita coisa com o pessoal da Record, tenho só gratidão. O sentimento é o seguinte: o que eu fiz de errado? O que podia ter feito pra ser melhor? Até perguntei para uns amigos meus que são chefes. 'Você não fez nada, mas é que a gente tinha que fazer uma mudança e a mudança era demitir e a gente teve que mexer com você".

Peruka disse que questionou a chefia se fez algo de errado que tenha magoado ou chateado alguém e ouviu que não tinha nada a reclamar dele. "Também não vou ficar indo atrás, bola para a frente que atrás vem gente", completa.

Neste tempo sem trabalhar, ele brinca dizendo que está enchendo a cabeça da esposa e aproveitou para visitar a família no sul. "Eu estava no Paraná, sempre trabalhei, já fiz muita coisa. Vim para cá com o Marcelo Rezende. Quando ele morreu, pedi as contas, fui para Londrina apresentar o Balanço Geral, saí de lá, já vim direto para São Paulo que a Record me chamou. Nunca tive o tempo de parar e falar não tenho compromisso, estou tendo agora. Aproveitei para passear, levar as crianças para a casa do meu pai na chácara, na casa do meu sogro, da minha mãe... Agora tenho que trabalhar, tenho que arrumar serviço".

Bruno Peruka comenta disputa da audiência e quer voltar para TV, rádio ou fazer podcast

O apresentador analisa a concorrência pela audiência nas manhãs no jornalismo e lembra que entrava no ar com a desvantagem de ter que correr atrás das notícias antecipadas pelo Hora Um da Globo, que vai ao ar mais cedo.

"O jornalismo hoje na TV aberta começa muito cedo e aí já entrei no ar com uma hora atrás dos caras né? Mas não sei se minha saída foi questão de audiência. Se foi questão de audiência, tudo bem. Mas quando eu fazia o Cidade Alerta, a gente dava muita audiência porque era um horário mais consagrado", diz ele que também destaca que o público da TV diminuiu bastante nos últimos anos por conta da internet e streaming.

Além de voltar à TV, Peruka diz que busca uma oportunidade no rádio e também tem vontade de investir num podcast futuramente.

Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Participe do grupo
Mais Notícias