Reportar erro
Sabe descontrair

Cinco vezes em que William Bonner quebrou o protocolo no Jornal Nacional

O apresentador do Jornal Nacional deixa a postura sisuda de lado de vez em quando

Selfie descontraída de William Bonner com a mão nos óculos e o rosto inclinado
William Bonner em selfie descontraída no cenário do Jornal Nacional - Reprodução/Instagram
Jéssica Alexandrino

Publicado em 14/11/2021 às 06:01:15,
atualizado em 14/11/2021 às 08:12:30

Conhecido por sua postura séria e aparência sisuda, William Bonner já surpreendeu várias vezes os telespectadores do Jornal Nacional ao quebrar o protocolo ao vivo, na Rede Globo. Falando de pandemia, de esportes, de homofobia e, até mesmo, do Big Brother Brasil, o apresentador do principal telejornal do país mostra que sabe abrir uma exceção de vez em quando.

Confira cinco situações em que William Bonner quebrou o protocolo no Jornal Nacional

Tranquilizou os telespectadores

Em março de 2021, no início da pandemia da Covid-19, William Bonner decidiu iniciar o noticiário de forma diferente e tentou tranquilizar o público. “Antes de falar sobre as notícias de hoje, a gente vai fazer uma pausa, porque é muita informação o tempo todo sobre o coronavírus. Você já viu os destaques de hoje, e a gente vai fazer essa pausa primeiro para dizer simplesmente o que a gente fica repetindo um para o outro aqui: calma. Não dá para começar o JN de hoje sem pedir calma“.

Citou o Gil, do BBB

Em maio de 2021, durante uma edição de sábado do Jornal Nacional, Bonner fez referência a Gilberto Nogueira, o Gil do BBB 21, ao falar a palavra 'indignado', imitando o sotaque pernambucano. "Eu estou no Jornal Nacional desde 1996, há 25 anos. Eu estava pensando aqui que se há 25 anos eu tivesse ido em uma cartomante e ela tivesse dito pra mim que eu iria ler a notícia que eu vou ler agora pra vocês, eu iria sair furioso. Eu iria sair indignado, como diria o Gil do Vigor do BBB", brincou o âncora, antes de falar sobre um robô chinês que foi enviado a Marte para explorar o planeta.

Pediu para a população se vacinar

Em meio à pandemia da Covid-19, William Bonner contou à Renata Vasconcellos que havia se vacinado e agradeceu aos profissionais de saúde quem vem trabalhando na imunização dos brasileiros. O jornalista ainda aproveitou a edição do jornal do dia 7 de junho deste ano para pedir que a população se vacinasse. "Eu tenho um compromisso mais pro fim do mês de agosto pra tomar segunda dose. Não sei se você sabe, mas eu já fui vacinado. Tomei a primeira dose da vacina, chegou a minha idade aqui no Rio de Janeiro. Foi uma experiência fantástica porque o carinho das pessoas que aplicam essas vacinas, a gente tem que ter um respeito e gratidão enorme por esses profissionais", disse Bonner.

Defendeu colegas de ataques homofóbicos

Alguns dias depois, o ex-marido de Fátima Bernardes usou seu espaço no horário nobre da emissora para se pronunciar sobre os ataques que os repórteres Pedro Figueiredo e Erick Rianelli sofreram ao trocarem declarações nas redes sociais, comemorando o dia dos namorados. O apresentador leu uma nota emitida pela Globo e afirmou que a emissora condena ataques e apoia a diversidade de seus contratados. "A TV Globo se solidariza com Erick Rianelli e com Pedro Figueiredo, reafirma seu compromisso com a diversidade e repudia veementemente toda forma de preconceito".

Comentou o resultado da Eurocopa

Ao noticiar a vitória da seleção da Itália contra a equipe da Inglaterra na final da Eurocopa, William Bonner quebrou o protocolo ao criticar a decisão do técnico Gareth Southgate. "23 anos de idade. O técnico colocou três meninos para decidir a Eurocopa nos pênaltis", alfinetou o jornalista, ao se referir aos jogadores Bukayo Saka, de 19 anos, Jadon Sancho, de 21, e Marcus Rashford, de 23. Bonner não gostou da escalação dos jovens justamente no fim da partida.



Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Participe do grupo
Mais Notícias