Reportar erro
Se manifestou

Fátima Bernardes apoia William Bonner contra Bolsonaro: "Vale a pena"

Âncora do Jornal Nacional fez comentários fortes contra o presidente

Fátima Bernardes (à esquerda) e William Bonner (à direita) em foto montagem
Fátima Bernardes compartilhou vídeo do Jornal Nacional - Foto: Montagem
Redação NT

Publicado em 22/09/2021 às 14:45:00

Nesta quarta-feira (22), Fátima Bernardes usou seu perfil do Instagram para compartilhar nos stories o desabafo feito por William Bonner no Jornal Nacional sobre o discurso de Jair Bolsonaro na Assembleia-Geral da ONU. A apresentadora deixou claro mais uma vez sua insatisfação com a postura do presidente brasileiro em Nova York.

“Se você não viu, vale a pena assistir... E refletir”, escreveu a jornalista na legenda do vídeo do JN. Bonner fez comentários fortes contra o chefe do executivo federal do Brasil, que fez um discurso defendendo o “tratamento precoce”, ineficaz contra Covid-19, e dizendo que assumiu o cargo em 2019 quando o país estava “à beira do socialismo”, porém, ele recebeu a faixa de presidente de Michel Temer, seu aliado e responsável por ter escrito a carta de recuo após ataques ao STF.

“O presidente do Brasil cumpriu a tradição de fazer o discurso de abertura da Assembleia Geral das Nações Unidas”, iniciou o âncora. “Ao falar durante 12 minutos diante de líderes de nações do mundo inteiro, foi como se o presidente Jair Bolsonaro estivesse se dirigindo exclusivamente à base mais fiel de apoiadores dele”, disparou.

William Bonner rebate Bolsonaro

No discurso para a ONU, Bolsonaro afirmou que não há casos de corrupção em seu governo, não citando as investigações do possível superfaturamento na aquisição de imunizantes contra a Covid-19. Ele também declarou que os atos de 7 de setembro, que teve posicionamentos antidemocráticos, foram os maiores da história. Tudo isso foi rebatido pelo apresentador do Jornal Nacional.

“Omitiu investigações sobre suspeitas de corrupção na compra de vacinas; mentiu sobre a dimensão das manifestações de 7 de Setembro; e, para surpresa maior de quem ouvia, o presidente do Brasil voltou a defender o uso de medicamentos comprovadamente ineficazes contra a Covid”, esclareceu o jornalista.



Mais Notícias
Outros Famosos