Reportar erro
Susto grande

Repórter é atacada durante cobertura do caso Lázaro: "Tirei o dente da minha perna"

Jornalista do SBT afirmou estar bem após ser mordida

Vanessa Vitória posada durante cobertura do caso Lázaro
Repórter é atacada durante cobertura do caso Lázaro - Foto: Reprodução
Redação NT

Publicado em 28/06/2021 às 20:15:00

A repórter Vanessa Vitória, do SBT Brasília, levou uma mordida de um cachorro durante a cobertura do caso Lázaro Barbosa, serial killer que estava sendo procurado pela polícia de Goiás há 20 dias e que, nesta segunda-feira (28), morreu após trocar tiros com oficiais. A jornalista foi atacada na perna pelo animal, de nome Brandon, enquanto visita uma família, que morava próxima a área de buscas do matador.

Em suas redes sociais, a comunicadora contou detalhes do incidente, que a afastou de suas funções no SBT até se curar por completo.

"Está tudo bem comigo e com o Brandon. Ele estava preso e infelizmente se soltou. Eu já tinha ido na casa da família usar o banheiro em outra ocasião, fiz amizade com todos. São pessoas maravilhosas, inclusive foi a dona do Brandon que prestou os primeiros socorros. Eu e a tutora dele não imaginávamos que ele poderia arrebentar a corda. Graças a Deus, agimos rápido", contou a jornalista.

"Tirei o dente dele da minha perna e o filho dela puxou ele para trás. Estou vacinada e estamos monitorando a saúde dele todos os dias, por 10 dias, para saber se vou precisar tomar mais doses de antirrábica. Todo dia fazemos vídeo chamada. Hoje mesmo ela me mandou um vídeo dele. São pessoas de um coração gigante, como muitos lá em Girassol. Obrigada pelo carinho e preocupação de todos", agradeceu a comunicadora.

Emissoras fazem cobertura da morte de Lázaro Barbosa

Depois de 20 dias de uma perseguição cinematográfica, com mais de 270 policiais na região de Cocalzinho de Goiás, Lázaro Barbosa foi capturado e morto na manhã desta segunda-feira (28). A informação foi dada primeiramente por Roberto Cabrini na Record e também pelo matutino Vem pra Cá, do SBT

A morte foi confirmada pela Polícia Civil. O diretor da Abin (Agência Brasileira de Inteligência), Alexandre Ramagem, informou que Lázaro teria sido morto após resistir à prisão. Uma repórter da Globo foi flagrada comemorando a morte do matador.

 

Mais Notícias