Reportar erro
Confusão

GloboNews comete gafe e confunde matador de Goiás com Lázaro Ramos

O canal correu para corrigir erro para o streaming

Artur Bernardi durante noticiário; Lázaro Barbosa na Policia; Lázaro Ramos com mão no queixo
GloboNews comete gafe e confunde matador de Goiás com Lázaro Ramos - Foto: Reprodução
Redação NT

Publicado em 25/06/2021 às 19:55:00

Durante o GloboNews em Ponto desta sexta-feira (25), a edição acabou cometendo uma gafe ao trocar o nome de Lázaro Barbosa, o serial killer fugitivo da polícia em Goiás, por Lázaro Ramos. O repórter Artur Bernardi atualizava as informações sobre o caso quando apareceu escrito na parte inferior da tela "Força-Tarefa encontrou possível esconderijo de Lázaro Ramos".

A informação em questão se tratava da prisão do fazendeiro e caseiro que teria dado proteção a Lázaro Barbosa, enquanto a polícia fazia buscas pelo serial killer. A gafe aconteceu ao vivo, já para a versão incluída no streaming dos Canais Globo, houve uma edição com uma legenda correta.

GloboNews comete gafe e confunde matador de Goiás com Lázaro Ramos

Não é a primeira vez que o ator é confudido com o criminoso por causa do nome. Marcelo Torres, âncora do SBT Brasil, cometeu uma gafe ao vivo durante o noticiário.

Ao atualizar sobre as buscas da polícia a Lázaro Barbosa, o matador de Goiás e Brasília que continua foragido no Centro-Oeste do Brasil, o apresentador acabou confundindo o serial killer com o ator Lázaro Ramos. No início do programa, ele citou o criminoso com o sobrenome errado.

"O SBT Brasil começa com a notícia de que a polícia de Goiás trocou tiros agora há pouco com Lázaro Ramos, suspeito de praticar assassinatos em série entorno do Distrito Federal", disse o âncora.

Lázaro Ramos reage com confusões com matador

Nas redes sociais, o global fez piada com a gafe. Em vídeo divulgado em seu perfil no TikTok, Lázaro Ramos engasga ao ouvir do jornalista do SBT: “O SBT Brasil começa com a notícia de que a polícia de Goiás trocou tiros agora há pouco com Lázaro Ramos, suspeito de praticar assassinatos em série entorno do Distrito Federal”. Nos últimos dias, o trecho teve grande repercussão nas redes sociais.

 



Mais Notícias