Reportar erro
Acabou

Lázaro Barbosa é capturado e morto; Record e SBT acompanham ao vivo

Caso chega ao fim após 20 dias, com grande cobertura da TV

Lázaro e policiais
Lázaro Barbosa foi capturado e morto após 20 dias de busca - Reprodução
Redação NT

Publicado em 28/06/2021 às 10:15:07,
atualizado em 29/06/2021 às 11:13:37

Depois de 20 dias de uma perseguição cinematográfica, com mais de 270 policiais na região de Cocalzinho de Goiás, Lázaro Barbosa foi capturado e morto na manhã desta segunda-feira (28). A informação foi dada primeiramente por Roberto Cabrini na Record e depois pelo matutino Vem pra Cá, do SBT. A morte foi confirmada pela Polícia Civil. O diretor da Abin (Agência Brasileira de Inteligência), Alexandre Ramagem, informou que Lázaro teria sido morto após resistir à prisão.

As duas emissoras cobriram o caso desde cedo, com Fala Brasil e Primeiro Impacto, respectivamente. A Record saiu na frente, às 09h30, com Mariana Godoy mostrando a mensagem do governador de Goiás, Reinaldo Caiado, confirmando a prisão no Twitter. Dois minutos depois, já no Vem Pra Cá, Patrícia Abravanel chamou o jornalismo do SBT, que também informou que Lázaro havia sido pego. A Globo entrou com plantão cinco minutos depois.

Cabrini acompanhou o caso ao vivo na e foi o primeiro a dizer que Lázaro foi morto a tiros, às 09h46. O jornalista, que está na região investigando o caso já há alguns dias, entrou por telefone durante o Fala Brasil, com Mariana Godoy, e falou que recebeu de fontes que o bandido havia morrido. Pouco depois, ele reafirmou e garantiu o ocorrido. Posteriormente, o SBT também noticiou a morte, às 09h57.

Ao fim do Fala Brasil, Roberto Cabrini seguiu falando com César Filho no Hoje em Dia e apareceu no vídeo, com imagens feitos pelo celular, via Skype, diretamente do hospital onde Lázaro foi levado.

Na Globo, Ana Maria Braga chamou Maju Coutinho às 10h02, que passou as informações diretamente da redação do Jornal Hoje. Já o canal do Morumbi interrompeu o The Chef com Edu Guedes para um plantão sobre o fato.

O SBT vem mostrando os desfechos do caso desde o Primeiro Impacto, às 4h. Dudu Camargo, Darlisson Dutra e por último, Marcão do Povo, falaram sobre Lázaro e alardeavam que hoje poderia ser o ponto final nesta perseguição. O Vem pra Cá começou e seguiu com o caso até o seu final, às 11h, derrubando todas as suas pautas.

O repórter Marcelo Bittencourt foi enviado à Goiás na semana passada para cobrir o caso. Foi ele quem divulgou a informação de que o criminoso finalmente havia sido preso no interior do estado goiano. Bittencourt conversou com munícipes que festejaram a prisão de Lázaro. O repórter do SBT também mostrou onde Lázaro foi preso.

 

A cobertura do caso Lázaro Barbosa

Lázaro Barbosa fugia há 20 dias, invadindo a mata nas regiões do Distrito Federal e Goiás. O criminoso matou uma família inteira, chegou a estuprar uma mulher, invadiu pelo menos 11 fazendas, trocou tiros e baleou até moradores, dois policiais militares e um oficial da Força Aérea Brasileira (FAB). Os moradores da região estavam em pânico com o caso. Alguns optaram por viajar, enquanto comerciantes, com medo, fecharam as portas mais cedo. 

Durante todo esse tempo, o Brasil Urgente, da Band, e Cidade Alerta, da Record, foi os principais programas a cobrir o caso, atingindo crescimento na audiência. Luiz Bacci, além da TV, também se destacou com a cobertura em seu perfil no Instagram, chegando a um alcance de três milhões em seus Stories.

TAGS:
Mais Notícias