Reportar erro
Deboche

TV Brasil ironiza fala de Pazuello para anunciar futebol: "Hoje é o dia D"

Seminal da Série D do Brasileirão tem chamada com frase do Ministro da Saúde

TV Brasil ironiza fala de Pazuello para anunciar futebol: "Hoje é o dia D"
TV Brasil recorreu a frase de Pazuello para anunciar semifinal da Série D - Foto: Montagem NT

Redação NT

Publicado em 24/01/2021 às 15:35:00,
atualizado em 24/01/2021 às 15:40:42

A TV Brasil ironizou uma fala de Eduardo Pazuello ao anunciar a partida entre Altos, do Piauí, e Mirassol, de São Paulo, pela série D do Campeonato Brasileiro neste domingo (24). "Hoje é o dia D", diz a chamada veiculada pela emissora, em alusão à polêmica frase do Ministro da Saúde.

Há duas semanas, ao desconversar sobre a data de início da vacinação contra a Covid-9, Pazuello anunciou que o processo de imunização no Brasil começaria "no dia D, na hora H". A saída pela tangente foi alvo de inúmeras críticas, mas também rendeu uma infinidade de memes nas redes sociais.

Ao resgatar a frase de Pazuello, a TV Brasil convidou os telespectadores a assistirem à disputa entre os clubes por uma vaga na grande final da série D do Brasileirão. A semifinal entre Altos e Mirassol, que se enfrentam a partir das 15h45, terá transmissão ao vivo pela rede de televisão pública. Procurado pela reportagem, o canal não se pronunciou sobre a exibição da chamada.

Alexandre Garcia tentou explicar fala de Pazuello na CNN Brasil

Logo após a fatídica entrevista de Pazuello, o jornalista Alexandre Garcia tentou explicar a declaração em comentário para a CNN Brasil. "O que é o dia 'D' e a hora 'H'? Vou explicar: o dia 'D' é o dia, não é antes do dia, nem depois do dia. Antes do dia é uma antecipação que pode ser prejudicial. Depois do dia é tardia, chega tarde. Vai ser no dia depois que a Anvisa autorizar."

Ele prosseguiu, aos risos: "E hora é a mais coisa. A hora é na hora, não é antes da hora, nem depois da hora. Está explicado. Quando a gente não tem um número, a gente estabelece esses marcos para começar, desde que a vacina seja autorizada pela Anvisa, ou seja, desde que a Anvisa se disponha a meter a mão no fogo pela vacina".

Mais confuso que explicativo, o comentário de Alexandre Garcia foi igualmente alvo de piadas nas redes sociais. A aprovação das vacinas contra o coronavírus pela Anvisa ocorreu no último domingo (17), quando também teve início o processo de imunização da população, começando por São Paulo.

Mais Notícias