Reportar erro
Briga

Comentaristas da GloboNews batem boca e clima fica tenso

Gerson Camarotti e Demétrio Magnoli trocaram farpas ao vivo

Comentaristas e apresentadora da GloboNews
Jornalistas discutiram ao vivo - Foto: Reprodução/GloboNews
Redação NT

Publicado em 02/01/2021 às 10:30:00

Os comentaristas Gerson Camarotti e Demétrio Magnoli tiveram uma discussão acalorada na última sexta-feira (1°) no programa Em Pauta, na GloboNews. Os dois se desentenderam ao comentarem sobre as aglomerações que foram registradas nos últimos dias em diversas cidades brasileiras. Com o clima quente, a apresentadora Cecilia Flesch precisou interromper o bate-boca.

“Tem milhões de pessoas que foram para as praias populares de São Paulo depois de passarem o ano inteiro se aglomerando porque tinham que se aglomerar para trabalhar nos setores essenciais. Eu quero perguntar para o Camarotti: você diria que ele é execrável depois de passar um ano inteiro se aglomerando nos trens para trabalhar em setores essenciais porque ele agora se aglomerou na Praia Grande?”, indagou Demétrio.

"Você que está colocando essa palavra, Demétrio", rebateu o jornalista. “Você que tem que responder a essa pergunta. Você tem a recomendação da ciência. E a ciência tem que ser para todos. Lógico que tem que ser para todos, Demétrio. Você é que tem que responder. Bota a palavra na tua boca e responda como você achar melhor. Agora, a ciência tem que ser seguida. Não dá para ter exceção. É compreensível a situação social do país, você sabe disso, eu sei disso, conheço bem essa realidade, é preciso levar isso em consideração, mas uma coisa é trabalho e sobrevivência, outra coisa é festividade. É preciso ter bom senso também, Demétrio”, acrescentou Camarotti.

Demétrio apontou que não existia apenas a ciência chamada epidemiologia. “Existe uma outra ciência chamada sociologia e uma outra chamada antropologia”, comentou, tentando levantar a questão sobre o comportamento coletivo das pessoas.

Cecilia Flesch interrompe discussão

Com a discussão acalorada, Cecilia Flesch resolveu intervir para que o bate-boca não se esticasse. “Infelizmente não somos nós que vamos resolver esse dilema aqui”, afirmou. Contudo, os dois continuaram debatendo o tema. “Contaminação tem que ser a epidemiologia, sim”, falou Camarotti. “A gente está aqui o ano inteiro trazendo especialistas, conversando...”, completou.

“Vamos falar do que realmente, efetivamente, a gente pode ajudar a resolver esse dilema”, afirmou Cecilia, dando ponto final na discussão. Em seguida, Jorge Pontual foi chamado para dar sua opinião sobre o assunto.

Mais Notícias