Sucesso de volta

Após três anos, Black Mirror ganhará nova temporada na Netflix

Black Mirror tem grande legião de fãs por todo o mundo


Foto de Black Mirror do catálogo Netflix
Black Mirror, sucesso da Netflix, terá novos episódios - Foto: Divulgação/Netflix
Por Thiago Forato

Publicado em 16/05/2022 às 09:35:52,
atualizado em 16/05/2022 às 09:42:43

Depois de três anos desde que a quinta temporada de Black Mirror foi ao ar na Netflix, o drama distópico ganhará uma nova leva de episódios em breve, informou a revista a Variety nesta segunda-feira (16). O elenco já vem sendo escalado e a expectativa é que esta nova leva tenha mais episódios que 2019.

A informação é que Black Mirror tenha ares ainda mais cinematográficos desta vez, com cada episódio sendo tratado como um filme individual. Nos últimos episódios, isso já podia ser visto, já que cada um deles ultrapassavam os 60 minutos e tinham valores considerados altos para uma série.

A nova temporada da série é a primeira a surgir desde que o criador Charlie Brooker e sua parceira Annabel Jones deixaram sua produtora, House of Tomorrow, apoiada pela Endemol Shine Group. A Netflix rapidamente investiu na empresa por meio de um acordo que adquire partes do negócio gradualmente por um período de cinco anos. As cifras podem chegar a US$ 100 milhões, o que equivale a mais de meio bilhão de reais de acordo com a cotação atual.

Black Mirror deve pintar em breve

Após três anos, Black Mirror ganhará nova temporada na Netflix

O próprio Brooker colocou um ponto de interrogação quando questionado, em 2020, se a série poderia voltar, numa entrevista à Radio Times do Reino Unido. "No momento, não sei se haveria histórias sobre a sociedade, então não estou trabalhando nisso", lamentou no auge da pandemia.

A série começou na emissora britânica Channel 4, onde foi ao ar por duas temporadas, mas Black Mirror se tornou uma sensação global na Netflix com episódios de grande orçamento e repleto de nomes mais tarimbados, atingindo altos índices de audiência.

 A tecnologia é o protagonista da série. Os personagens sofrem com diversos aspectos sombrios no seu cotidiano que gira em torno dos avanços tecnológicos do mundo. 

Brooker deixa claro que a série não tem como intenção colocar na tecnologia a culpa por problemas sociais. O desejo do enredo, segundo o criador, é mostrar como as pessoas usam mal a tecnologia e como isso pode acarretar na vida de cada ser humano.

 

Mais Notícias