Reportar erro
Vale a pena

10 séries para assistir durante a nova fase vermelha da Covid

Produções estão disponíveis em várias plataformas de streaming

10 séries para assistir durante a nova fase vermelha da Covid
Essas séries vão te encantar - Foto: Montagem

Redação NT

Publicado em 08/03/2021 às 08:00:00

O Brasil vive seu pior momento na pandemia da Covid-19 e quase todos os estados entraram na fase vermelha para conter o número de infectados e mortos pela doença. Com o toque de recolher em várias cidades, os brasileiros terão que encontrar entretenimento em suas casas e as séries são algumas opções. Lupin, WandaVision. As Five e Cidade Invisível são produções que podem divertir toda a família.

Com o crescimento das plataformas de streaming em vários pontos do mundo, ficou muito mais fácil escolher aquela história predileta. Por conta disso, o NaTelinha escolheu 10 enredos que podem fazer parte do período de lockdown.

Lupin – Netflix

Lupin conta a história de Assane Diop, um homem que viu seu mundo mudar da água para o vinho quando seu pai morre após ser acusado de um crime que ainda não cometeu. Quase três décadas depois, o personagem está trabalhando como agente de limpeza no Museu do Louvre.

Contudo, o que parece ser um homem simples, na verdade há uma mente pronta para fazer vingança em nome do seu pai. Assane se inspira no mestre do disfarce Arsène Lupin e arma um grande assalto. A primeira parte da primeira temporada conta com cinco episódios

Cidade Invisível – Netflix

A trama recheada de mistério, investigação policial e conflitos humanos trouxe personagens inspirados no folclore brasileiro a partir de uma releitura contemporânea do criador e coprodutor Carlos Saldanha. A primeira temporada tem sete episódios com cerca de 35 minutos.

O enredo tem como protagonistas Marcos Pigossi e Alessandra Negrini. A segunda temporada terá algumas mudanças. Após homenagear o Rio de Janeiro na primeira temporada, cidade natal que costuma homenagear em suas produções, agora o desejo de Saldanha é explorar outra região do país. Os novos personagens não foram divulgados, tampouco a região que servirá como pano de fundo.

Bom Dia Verônica – Netflix

A série acompanha o dia a dia de Verônica Torres (Tainá Muller), uma escrivã da polícia civil, que começa a investigar crimes cometidos contra mulheres e que a levam para uma conspiração que pode colocar a vida dela em risco. Original da Netflix, a série é produzida pela Zola, produtora que tem a atriz Cláudia Abreu como sua diretora de conteúdo.

A primeira temporada teve oito episódios e conta com um elenco estrelado, como Tainá Müller, Camila Morgado e Eduardo Moscovis. A produção fez sucesso em diversos países e foi considerada por muitos especialistas do país como a melhor série de 2020 no país.

The Crown – Netflix

A série conta a historiada família real do Reino Unido. As duas primeiras temporadas focaram na posse da Rainha Elizabeth, seu amadurecimento no principal cargo da monarquia do Reino Unido, os conflitos políticos da época. A terceira temporada girou em torno do envelhecimento da líder da coroa, sendo uma mulher mais amargurada e menos sensível.

A quarta temporada vai retratar o início dos anos de 1970, quando a Família Real trabalha nos bastidores para que Príncipe Charles (Josh O'Connor) encontre a noiva ideal para a linha sucessória da coroa, o que fará Diana realizar sua primeira aparição no enredo. A relação do jovem com a rainha Elizabeth II ficará ainda mais conturbada. Cada temporada tem 10 episódios.

Ozark – Netflix

Quem ficou órfão de Breaking Bad, logo no primeiro episódio de Ozark levará alguns sustos e terá a clara sensação de estar diante de uma obra semelhante a da atração que apresentou Walter White ao mundo. Só no Piloto, são diversos assassinatos, de forma muito cruel, com direito a litros de sangue jorrando na tela.

A história acompanha a vida de Marty (Jason Bateman), um contador que lava dinheiro para um cartel de drogas mexicano e logo no início da história, uma série de mortes e acontecimentos fazem com que ele e a família precise mudar para a cidadezinha de Ozarks a fim de recomeçar e voltar a fazer o trabalho sujo para os criminosos. A série já tem três temporadas, com 10 episódios cada.

Arcanjo Renegado – Globoplay

A história relata a vida de Mikhael (Marcelo Mello Jr), um sargento incorruptível, comandante de uma equipe do Bope no Rio de Janeiro. Depois de se envolver em uma operação que terminou em chacina, ele é transferido para uma unidade policial no interior do estado.

A produção conta com a direção de Heitor Dhalia e criação de José Júnior, tendo uma temporada com 10 episódios. O drama tem no seu elenco, além de Marcelo Mello, a atriz Erika Januza, Danni Suzuki, Leonardo Brício, Álamo Facó e Bruno Padilha.

I May Destroy You – HBO

A série I May Destroy You foi a queridinha do público e dos especialistas, sendo comparada com o fenômeno Fleabag. A produção é uma parceria da HBO com a BBC e a produção foi criada na Inglaterra pela roteirista e atriz Michaela Coel. Todos os 12 episódios foram exibidos no Brasil e agora estão disponíveis no HBO GO, plataforma de streaming do canal pago, e chama atenção por abordar temas como racismo e estupro.

Apesar de ter tido apenas uma temporada, muitos fãs de série foram conhecendo rapidamente a produção e sua repercussão foi crescendo semana após semana em todo planeta, contudo, acabou não sendo indicada ao Globo de Ouro.

Sex Education – Netflix

A trama retrata a vida do inseguro Otis (Asa Butterfield) que tem a resposta para todas as questões sobre sexo – apesar de ser virgem – por conta da criação da sua mãe, uma terapeuta sexual. Ele monta uma espécie de clínica com Maeve (Emma Mackey) para entender seus colegas de escola.

Uma das primeiras confusões no colégio envolve o personagem Adam (Connor Swindells). Muito popular, ele pratica bullying com outros alunos e sente dificuldade em fazer sexo por causa do tamanho do seu pênis. Após ser atendido por Otis, o garoto sobe em cima da mesa do refeitório e fica nu para todos. O enredo teve duas temporadas com 10 episódios cada.

WandaVision – Disney+

O enredo foi elogiado pelos especialistas, principalmente pelas homenagens da trama a sitcoms do passado, além do elenco ser ganhado altas notas das críticas dos jornalistas dos Estados Unidos. A primeira temporada teve nove episódios.

WandaVision mostra Wanda Maximoff e Visão vivendo uma vida suburbana na cidade de Westview, em Nova Jersey três semanas após os eventos de Avengers: Endgame (2019). Eles tentam esconder suas verdadeiras personalidades, mas alguns fatos fazem que o casal suspeite que as coisas não são o que parecem.

As Five – Globoplay

As Five traz de volta as cinco protagonistas de Viva a Diferença: Keyla (Gabriela Medvedovski), Tina (Ana Hikari), Lica (Manoela Aliperti), Ellen (Heslaine Vieira) e Benê (Daphne Bozaski). A história mostrará o reencontro das cinco amigas após ficarem sete anos distantes. Já adultas, elas enfrentarão novos dilemas e conflitos. Cada uma tomou um rumo na vida, mas uma triste notícia promove a retomada do convívio, em São Paulo.

Keyla lida com a criação do filho, agora pré-adolescente. Ellen vive nos EUA com o novo namorado. Benê, por sua vez, mora no Rio de Janeiro e trabalha com música ao lado do marido, Guto (Bruno Gadiol). Ela ainda lida diariamente com as crises decorrentes da Síndrome de Asperger. Já Lica (Manoela Aliperti) continua envolvida com Samantha (Giovanna Grigio) e ambas viraram influenciadoras digitais.

O ponto de partida do reencontro é a morte de Mitsuko (Lina Agifu), mãe de Tina. Comovidas, as quatro amigas partem para o enterro e o velório, na tentativa de consolar a jovem. No reencontro, a amizade adormecida aflora novamente. A primeira temporada teve oito episódios.

Mais Notícias