Fim

Netflix volta atrás e anuncia o cancelamento de GLOW

Plataforma havia confirmado a quarta temporada, mas recuou e deu um ponto final na história

Netflix volta atrás e anuncia o cancelamento de GLOW
GLOW chegou ao fim - Foto: Divulgação/Netflix

Publicado em 06/10/2020 às 16:49:05

Por: Redação NT

A Netflix anunciou o cancelamento GLOW após três temporadas. A plataforma de streaming havia renovado a produção para novos episódios neste ano, mas acabou decidindo dar um ponto final na série por causa da pandemia do novo coronavírus.

 “COVID matou seres humanos de verdade. É uma tragédia nacional e deveria ser o nosso foco. COVID aparentemente também acabou com nossa série. A Netflix decidiu não terminar as gravações da temporada final de GLOW. Estávamos aproveitando a liberdade criativa de fazer uma comédia complicada sobre mulheres e contar suas histórias. E luta livre. E agora se foi”, explicaram Liz Flahive e Carly Mensch, as criadoras da série, em comunicado enviado para o site Deadline.

“Há muita m**** acontecendo no mundo, muito maiores do que isso no momento. Mas ainda assim é triste não conseguirmos ver essas 15 mulheres na tela de novo. Sentiremos falta de nossas palhaças esquisitas e de nosso time heróico. Foi o melhor trabalho”, completaram.

Não é a primeira vez que a Netflix anuncia a renovação de uma série e cancela depois. A equipe de The Society estava se preparando para lançar mais uma temporada, entretanto, foram pegos de surpresa quando a empresa informou que não daria continuidade a produção.

História de GLOW

Nos Estados Unidos, com o título de Gorgeous Ladies of Wrestling ou simplesmente G.L.O.W, o show tratava sobre uma empresa voltada para lutas livres especificamente para mulheres. A cada episódio, eram transmitidas essas lutas e entre uma e outra, cenas de comédia protagonizadas pelas participantes.

Situada na cidade de Los Angeles, a série contou a história fictícia de uma atriz desempregada que tem uma última chance de viver seus sonhos através de uma série semanal sobre lutadoras do sexo feminino. Dentre as produtoras executivas esteve Jenji Kohan, de Orange is the New Black.


Siga o NaTelinha nas redes sociais

Reportar erro

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!