Entrevista exclusiva

Rodrigo Fagundes adianta reviravolta de personagem em Cara e Coragem: "Vai ser dramático"

Ator diz que Armandinho o coloca fora da zona de conforto e ele ama isso


Rodrigo Fagundes em foto posada
Rodrigo Fagundes interpreta o Armandinho em Cara e Coragem - Foto: Ricardo Penna
Por Taty Bruzzi

Publicado em 04/07/2022 às 06:00:00,
atualizado em 04/07/2022 às 09:30:05

Em Cara e Coragem, Rodrigo Fagundes dá vida ao Armandinho, dono da agência de dublês Êxito, onde Pat (Paolla Oliveira) e Moa (Marcelo Serrado) trabalhavam até serem demitidos pelo empresário. Em conversa exclusiva com o NaTelinha, o ator adiantou que o jogo vai virar, e seu personagem ter que se adaptar às mudanças.

 "Vai! Alerta de spoiler aqui. Quando ele perder a Êxito, vai acabar sendo ajudado por Pat e Moa, de corações gigantes, e vai trabalhar na Coragem.com., num cargo abaixo de sua competência… e é aí que entram seus conflitos que vão divertir muito o público. Assim desejo. Porque pra ele vai ser dramático [risos]", revela. 

Escrita por Claudia Souto, Cara e Coragem entrou no ar no dia 30 de maio, na TV Globo. Mix de suspense, aventura, comédia e drama, a novela está há pouco mais de um mês no ar e o que mais chama a sua atenção é sua narrativa bem dinâmica, o que para Rodrigo é bem desafiador.

Rodrigo Fagundes adianta reviravolta de personagem em Cara e Coragem: \"Vai ser dramático\"

"Muito! A cada bloco de capítulos é uma nova experiência. Conexões entre personagens que você nem imaginava e, como disse nossa autora Claudia Souto: 'Vão ajudando a montar esse quebra - cabeça que é a trama'”, diz.

"E é ótimo poder experimentar diversos sentimentos numa novela que passeia pelos gêneros. Eu amo muito poder fazer um personagem totalmente fora da minha tal zona de conforto", observa.

Na trama das sete, o Armandinho tem três ex-mulheres que vão surgir em algum momento da história e bagunçar a vida do empresário. Indagado sobre qual seria o poder de sedução do personagem, Rodrigo aponta a autoestima elevada.

"O poder de sedução do Armandinho está na super autoconfiança que ele tem no taco dele. É seguro, excelente no que faz, sabe a medida entre o conquistador que arrebata mas que também sabe pedir colo. Não interessa se falem mal dele, nada o abala, por enquanto. É um sobrevivente", avalia, sorrindo.

Já seu intérprete não nega seu charme. "Eu gosto muito de pensar que tenho borogodó sim. Casamento de 19 anos tem que saber dosar temperos pra durar" [risos], defende o ator de 51 anos.

Ator nega que Armandinho seja cafona

Rodrigo Fagundes adianta reviravolta de personagem em Cara e Coragem: \"Vai ser dramático\"

O dono da Êxito tem um estilo meio malandro, meio cigano. Além do cabelo com rabinho para traz, e de um bigodinho, é adepto da camisa estampada, dos acessórios e não abre mão de uma pochete a tiracolo. Questionado se o personagem é cafona, Rodrigo Fagundes rebate.

"Ele não é cafona, é ousado [risos]. Isso admiro nele, pois ele usa o que o faz se sentir bem, sem deixar pesar opinião alheia", enfatiza.

Já sobre de onde tirou inspiração para compor o Armandinho, o ator cita o papel de Al Pacino em "Scarface" (1983). "Al Pacino em Scarface foi uma referência. Mas já ouvi também que poderia ser parente do Augustinho Carrara de A Grande Família", dispara junto com uma gargalhada.

Como o próprio nome do folhetim das sete sugere, é preciso ter coragem para superar determinados momentos na vida. Rodrigo Fagundes conta em quais momentos precisou buscar essa coragem.

"Confesso que estou melhorando com o tempo a ser mais corajoso pra não evitar confrontos na vida e no trabalho quando determinada situação exige. Tinha mais dificuldade de me colocar antigamente; defendi mais os outros do que a mim quando precisava", relata.

 

"Agora, busco um equilíbrio e não fugir de embates que a vida nos apresenta. É acordar todo dia desejando e querendo coisas boas pra todos e saber que por pior que tudo possa estar, ainda vale seguir em frente e acreditar nos sonhos", observa. 

Nascido em Juiz de Fora, Minas Gerais, o ator conclui a conversa listando em quais momentos precisou meter a cara e seguir em frente diante de um ou mais desafios.

"Vários! Vir morar no RJ pra estudar e seguir meus sonhos, produzir teatro num País como o nosso, buscar ajudar quem precisa e saber pedir ajuda quando necessário também", dispara.

"E buscar conhecimento, mudar de ideia, arriscar... Como disse Raul Seixas: 'Prefiro ser uma metamorfose ambulante do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo'", finaliza.

NaTelinha divulga todos os dias os resumos dos capítulos, detalhes dos personagens, entrevistas exclusivas com o elenco e spoiler da novela Cara e Coragem. Confira! 

 
Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do Telegram.

Participe do grupo
Mais Notícias