Reportar erro
Sem ação

Salve-se Quem Puder: Fiona provoca calafrios em Helena com pergunta indiscreta

Mocinha questiona de onde vem o sobrenome Furtado e leva fora

Helena encara Fiona com dúvidas em Salve-se Quem Puder
Helena fica desconcertada diante de Fiona em Salve-se Quem Puder - Reprodução/TV Globo
Taty Bruzzi

Publicado em 24/06/2021 às 07:50:00

Nos próximos capítulos de Salve-se Quem Puder, Helena (Flávia Alessandra) será defendida por Luna/Fiona (Juliana Paiva) do marido tirano. Durante discussão com Hugo (Leopoldo Pacheco) a empresária deixa escapar seu antigo sobrenome e a mocinha escuta. A fisioterapeuta evita que o bandido agrida sua mulher e o coloca pra correr. Com a dona do empório mais calma, a jovem tenta fazê-la se abrir sobre seu passado, mas leva um fora e vai embora.

O motivo da briga entre o pai de Téo (Felipe Simas) e a madrasta do rapaz será Mário (Murilo Rosa). A empresária ficou muito abalada desde que teve a impressão de ter visto o ex-marido no polo gastronômico. Com ciúmes, o vilão queimou a única foto que Helena tinha de sua família, provocando a ira da mulher. Os dois se desentenderam e a mãe de Luna ameaçou pedir o divórcio.

Para tentar amenizar a crise, Hugo comprou passagens para uma viagem ao exterior, mas a madrasta de Micaela (Sabrina Petraglia) se negará a ir. Hugo segue Helena até o Empório Delícia e começa uma discussão.

O empresário chega a segurar a mulher pelos cabelos e é justamente nessa hora que Luna/Fiona se mete entre os dois. A ex-namorada de Téo ameaça chamar a polícia, colocando o milionário pra correr.

Quando elas estiverem sozinhas, a fisioterapeuta insiste para que a loira fale sobre seu passado, mas desiste depois de ser cortada pela ricaça. Sozinha, Helena volta a desconfiar do comportamento da jovem. Saiba mais!

Em Salve-se Quem Puder, Luna pergunta quem é Helena Furtado e empresária foge da resposta

Salve-se Quem Puder: Fiona provoca calafrios em Helena com pergunta indiscreta

Nos próximos capítulos de Salve-se Quem Puder, na Globo, Helena fica sem jeito ao ser questionada por Fiona sobre seu antigo sobrenome. A fisioterapeuta flagra uma discussão entre a dona do Empório Delícia e Hugo, e impede a mãe de apanhar do vilão. Depois que ele vai embora, a mocinha pede desculpas por ter se intrometido entre eles dois, mas explica que não podia permitir que o pai de Téo agredisse a mulher na sua frente. “Mas é que violência eu não tolero!”, diz enquanto lhe dá um copo d'água.

A loira ainda tenta justificar a ação do marido alegando que ele tem um temperamento forte, mas concorda que o empresário passou dos limites. “Quando eu vi ele sendo agressivo. Ah, não, eu precisei fazer alguma coisa pra proteger a senhora. Na minha frente ninguém nunca vai bater na senhora!”, garante.

“Você fala de um jeito tão protetor... Como se eu fosse importante pra você”, reage a dona do Empório Delícia. A fisioterapeuta se vira para que Helena não perceba que ela está quase chorando.

“Mas senhora é, muito. Mesmo que não acredite, eu quero o seu bem, mais do que a senhora imagina”, se entrega. Confusa, a ex-mulher de Mário se aproxima da jovem, confusa.

"Seu olhar transmite uma bondade e um amor... Por que, Fiona? Por que você me olha assim?”, quer saber a empresária. As duas trocam olhares, a mocinha dá respira fundo e avisa que um dia ela irá entender tudo. “E eu também espero entender muita coisa”, dispara.

Em seguida, a empresária pede para Fiona não contar a ninguém sobre o que ela viu e ouviu em seu escritório. “Sobre o seu outro sobrenome? Eu ouvi o seu Hugo falando... Furtado... Quem era Helena Furtado?”, questiona, Luna.

Nervosa, Helena explica que este era o seu sobrenome antes de se casar com o empresário. “Então Furtado era o seu sobrenome de solteira?”, insiste a mocinha. A madrasta Téo quer saber qual o interesse na jovem sobre esse assunto.

A mexicana disfarça alegando ser só por curiosidade. Ela vai além e pergunta por qual motivo as pessoas não devem saber qual o sobrenome de solteira de Helena, fazendo-a perder a paciência. “Furtado não é o meu nome de solteira. É um sobrenome que eu adotei durante um tempo”, se justifica.

Luna vai além e pergunta se a ricaça foi casada antes e a loira corta o assunto. “Com certeza, o Furtado deve trazer alguma memória ruim pra senhora”, provoca a fisioterapeuta. A madrasta de Téo confirma que a faz lembrar de uma época que ficou para trás e dispensa a moça. "E nós não somos amigas”, dispara a loira.

Luna dá razão à empresária e caminha até a porta. Antes de sair, ela se vira e dá um recado. “Mesmo que seja ruim, alguém deve lembrar dela com carinho. Alguém deve ter amado muito a Helena Furtado”, sugere a jovem. A fala da mocinha deixará Helena sem graça.

“Você fala como se conhecesse a minha vida, o meu passado. Tem coisas que só eu sei, Fiona. E essa sua insistência em me desestabilizar me irrita!”, reage a loira. Luna pede desculpas e vai embora. Já a empresária ficará pensativa. “Por que essa menina faz isso comigo? Por que ela me perturba tanto?”, pensa alto. A cena está prevista para ir ao ar no capítulo do dia 3 de julho.


Fique por dentro dos próximos capítulos de Salve-se Quem Puder e outras produções acessando o canal de Novelas do NaTelinha.

Quer saber mais? Confira o resumo semanal da novela Salve-se Quem Puder de 21/06/2021 a 26/06/2021.  



Mais Notícias