Terror psicológico

Flor do Caribe: Alberto faz caveira de Cassiano para Samuca que fica apavorado

Reencontro do piloto com o filho será frio e com abraço forçado

 Flor do Caribe: Alberto faz caveira de Cassiano para Samuca que fica apavorado
Alberto diz para Samuca que Cassiano é bandido em Flor do Caribe - Reprodução/TV Globo

Taty Bruzzi

Publicado em 23/10 às 08:19:00

Nos próximos capítulos de Flor do Caribe, Alberto (Igor Rickli) aproveita o tempo em que estará velejando com Samuca (Vitor Figueiredo) para fazer a cabeça do menino contra Cassiano (Henri Castelli). Brigando com a mulher pela guarda das crianças, o empresário dirá ao filho adotivo que o piloto largou Ester (Grazi Massafera) assim que o menino nasceu e se tornou um criminoso. A revelação vai deixar o garoto morrendo de medo do pai biológico.

continua depois da publicidade

Quando descobre que o neto de Dionísio (Sérgio Mamberti) não cumpriu com o trato de deixar o ex-oficial da aeronáutica em paz, a presidente da ONG pede o divórcio e inicia uma batalha judicial com o vilão pelos filhos.

Ele se aproveita da situação para passar um tempo com as crianças e quando estiver sozinho com o sobrinho de Taís (Débora Nascimento) faz a caveira do seu ex-amigo de infância. Preso no Caribe depois de cair em mais uma armadilha do mau caráter, Cassiano será resgatado pelos tenentes da aeronáutica e recebido com festa pelos amigos e familiares.

continua depois da publicidade

Arredio, Samuca será o único que não demonstrará felicidade ao rever o piloto. Quando estiver sozinho com Ester, o galã comenta sobre o comportamento do filho e a loira conta que ele não queria sair da mansão e chamou Alberto de pai, dando a entender que o empresário está colocando o menino contra ele. Confira!

Em Flor do Caribe, Samuca trata Cassiano com indiferença por causa de Alberto

Na novela Flor do Caribe, Alberto fará de tudo para colocar Samuca contra o pai biológico. Brigando na justiça pela guarda do menino e da filha que teve com Ester, o empresário coloca medo no filho do piloto fazendo-o acreditar que o pai biológico é um bandido.

continua depois da publicidade

Tudo acontece durante viagem de barco com as crianças. Quando for colocá-lo na cama para dormir, o vilão puxa conversa e inventa um monte de mentiras sobre o ex-piloto de caça. "Estou achando muito legal passear de barco com você", dirá a criança.

"Eu pensei que você gostasse só de andar de avião", cutuca, Alberto. "Eu gosto dos dois. Por que você não compra um avião para o meu pai Cassiano? Assim você me leva para passear no mar, e ele no céu", sugere, Samuca.

continua depois da publicidade

É nessa hora que o mau caráter envenena a cabeça do menino contra seu pai biológico. "Filho, você acredita em mim, não acredita? Acredita nas coisas que seu pai te fala, não é?", começa a falar o vilão.

"Então, preste atenção. O Cassiano te abandonou quando você nasceu. Ele não queria saber nem de você nem de sua mãe. Ele se envolveu com coisas erradas. Crimes", acusa o neto de Dionísio.

continua depois da publicidade

"Crimes? Que nem aparece na televisão?", quer saber o menino. "Exato. Coisas feias que pessoas bacanas e honestas não podem fazer. Ele ficou sete anos lá na Guatemala cometendo crimes. É por isso que o papai não quer você se aproximando dele. Ele não é uma boa companhia", dispara o vilão.

Não satisfeito, Alberto não poupará nem Ester. "A sua mãe está se deixando levar pelo Cassiano. Ele só quer separar a gente. Destruir tudo de bom que nós temos. Não tínhamos uma vida bacana antes dele aparecer. Então, a gente não pode deixar ele estragar isso. Por isso, nós dois temos que estar unidos", insiste o picareta.

continua depois da publicidade

Para garantir que sua imagem continue limpa, Alberto pede que o filho adotivo mantenha segredo sobre essa conversa. "Esse segredo é só nosso. Uma conversa de homem para homem. Posso contar com você?", pergunta o safado.

Samuca diz que sim e ficará com essa história na cabeça. De volta do passeio, ele será levado por Ester para a casa dos avós e ficará surpreso com a presença de Cassiano que voltou do Caribe.

continua depois da publicidade

“Será que posso dar um beijo no meu filho e na Laurinha?”, pergunta o piloto. “Aí, cara? Que bom te ver! Tava morrendo de saudade, filho”, diz todo sorridente. Só que o menino fica imóvel, calado na presença do pai.

“Então! Não vou ganhar um abraço?”, insiste, Cassiano. “E aí, filho, virou estátua? Vai me dar um abraço ou não?”, pergunta outra vez. “Filho! Você não me falou outro dia que tava com saudade do seu pai Cassiano? Queria saber quando ele vinha te ver! Ele veio!”, fala, Ester.

continua depois da publicidade

O irmão de Taís confessa que veio correndo sonhando com um abraço e finalmente a criança cede, mas sem animação. “É verdade mesmo isso que a tua mãe falou? Tava com saudade de mim, filho?”, pergunta o galã. "Tava”, confirma, Samuca.

Ester percebe o climão entre eles e quando estiver a sós com Cassiano conta que o filho não queria sair da casa de Alberto. “A primeira reação do Samuca, quando cheguei na mansão pra buscar os dois, foi dizer que não iria comigo! Que a casa dele era lá e que ele ia queria ficar com o Alberto!”, recorda a ex-bugueira.

continua depois da publicidade

“Isso porque o desgraçado com certeza aproveitou pra tentar fazer a cabeça do garoto durante esse passeio de barco que inventou. Ele que não tente sabotar a minha relação com o meu filho que eu estou começando a construir", ameaça o bonitão.

"Aliás, agora que eu já estou com o resultado do exame de DNA, vou entrar na justiça pra reivindicar a paternidade do Samuca. Quero o meu nome na certidão de nascimento dele. Vou procurar um advogado hoje mesmo!”, avisa, Cassiano.  A cena vai ao ar no capítulo do dia 31 de outubro.

continua depois da publicidade

Fique por dentro dos próximos capítulos de Flor do Caribe e outras produções acessando o canal de Novelas do NaTelinha.

Quer saber mais? Confira o resumo semanal da novela Flor do Caribe de 19/10/2020 a 24/10/2020.     

Mais Notícias